Machu Picchu - Peru
Machu Picchu

O Peru é um dos países mais lindos na qual tive a oportunidade de conhecer. Falar sobre esse lugar, é fechar os olhos e voltar ao tempo. Um destino encantador, com paisagens de tirar o fôlego.

Depois de alguns anos morando na Inglaterra, voltei ao Brasil em 2010. Nessa época minha irmã e eu tínhamos o sonho de fazer um mochilão pela América do Sul. Na verdade queríamos viajar juntas. Ter a oportunidade de curtir uma experiência como essa entre irmãs. Assim começamos a planejar nossa viagem dos sonhos.

A ideia original era passar por vários países da América do Sul. Nossos planos mudaram depois que ela começou a faculdade de medicina e eu fui morar em São Paulo. Então resolvemos conhecer o Peru e fazer esse destino valer a pena.

Por que ir até o Peru

O Peru é banhado pelo Oceano Pacífico e faz divisa com Equador, Colômbia, Brasil, Bolívia e Chile. Com uma população de aproximadamente 30 milhões de habitantes e espanhol como idioma oficial. Muitos peruanos falam quechua e outras línguas nativas. Os maiores atrativos do país são sem dúvida as paisagens, lagos, montanhas, praias e história.

Com uma forte tradição deixava por seus colonizadores espanhóis e um passado indígena, o Peru mistura cultura e um vasto território de monumentos históricos, igrejas e sítios arqueológicos. Cidades como Cusco (Patrimônio Histórico da Humanidade) e Lima (capital do país com uma arquitetura colonial encantadora) são lugares incríveis para se conhecer.

Como chegar

As companhias aéreas LAN, TAM e TACA operam voos direto do Brasil para Lima. Chegando na capital, a melhor maneira para ir do aeroporto até seu hotel é com táxi. Lembre-se que não há taxímetro nos carros. Você precisa negociar a tarifa antes de iniciar a corrida. Outra opção são os ônibus circulares que fazem o trajeto do aeroporto até o centro de Lima. Pesquise as empresas Cruz Del Sur, Expreso Sial, Civa e Tepsa.

Se tiver tempo e disponibilidade, a viação Ormeno faz o trajeto de São Paulo a Lima em um percurso de cinco dias.

Quando ir

O clima do Peru varia muito devido a diferença de altitude em várias partes do país e a sua amplitude (norte/sul). A capital Lima pode ser visitada em qualquer época do ano. Já as regiões de Cusco e Machu Picchu, chove muito durante o verão (nos meses de dezembro a fevereiro). O inverno é entre os meses de abril a agosto. Neste período esteja preparada para temperaturas abaixo de 10ºC durante a noite e de manhã cedinho. A melhor época para visitar o Peru é entre os meses de setembro a novembro. Os dias são mais longos, a temperatura mais amena e as chuvas raras.

O que fazer

Lima

Em Lima não deixe de fazer o city tour pela cidade. Você vai ver de perto o transito caótico, os parques, as belezas culturais e as pessoas. Vale a pena conhecer de perto o Circuito Mágico das Águas que é formado por 13 fontes. É o maior circuito de fontes do mundo. Passeando pela cidade visite Museu do Oro que tem uma das maiores coleções privada do mundo. Huaca Huallamarca é uma mistura de parque arqueológico e museu pré-inca no meio da cidade. Faça o passeio com guias e aproveite para conhecer um pouco mais da história do local. Se tiver oportunidade pegue um táxi e vá ao centro de Lima. Lá você vai conhecer o centro da cidade, as riquezas, as pessoas e a cultura local.

Cusco

Em Cusco há tantas opções de passeios que você precisar planejar seus dias conforme o tempo que for ficar na cidade. Não deixe de conhecer as cidade do Vale Sagrado dos Incas incluindo Pisac, Maras e Moray, Chinchero e Ollantaytambo. Há passeios de quadriciclo, bike, trilha, rafting que te levam a paisagens deslumbrantes. Faça um tour pela cidade que é rica em história e cultura. Andando pelas ruas você se encontra em uma verdadeira aula de geografia, igrejas belíssimas, peruanas vestidas com roupas típicas, centro histórico e Plaza de Armas.

Puno

Puno é uma cidade muito charmosa com ruas na qual você vai andando e descobrindo riquezas inimagináveis. Há lojinhas com artesanato local, restaurantes e bares. Sem dúvida o maior atrativo da cidade é o Lago Titicaca com suas ilhas flutuantes dos Uros e a ilha de Taquile onde a comunidade local mantém viva as tradições.

Arequipa

Arequipa é uma cidade que fica rodeada por três vulcões. É conhecida como a cidade branca por ter todo um estilo antigo espanhol. Conheça os vários museus da cidade, a Igreja da Companhia de Jesus e o lindo centro histórico de Arequipa.

Machu Picchu

O vilarejo mais próximo de Machu Picchu é Águas Calientes. Você pode chegar até a cidade através do trem Cusco – Águas Calientes (Peru Rail) que custa cerca de U$142 ida e volta (em um vagão confortável). Se preferir, pode ir de ônibus ou van até Ollantaytambo. De lá dá para pegar o trem até Águas Calientes U$100 ida e volta. A caminho que o trem percorre é de tirar o fôlego. As janelas são bem amplas para que os turistas possam aproveitar toda a viagem.

Para os aventureiros de plantão, há também outra opção para chegar até Águas Calientes. Através da trilha Inca, um dos trekkings mais famosos do mundo. Um trilha que dura de dois a quatro dias e percorre 42 quilômetros. A vantagem da trilha de quatro dia é que você pode parar pelas cidades arqueológicas e conhecer outras paisagens.

Águas Calientes é um cidade muito pequena e muito charmosa, porém a infraestrutura turística é mínima. Há apenas um hotel na cidade e várias pousadas e hostel. De Águas Calientes até o Machu Picchu o transporte é feito de micro-ônibus que custa cerca de U$12. Uma outra opção seria subir a pé a montanha até o Machu Picchu. A subida requer bastante preparo e disposição. É preciso acordar bem cedo.

Trujillo

Trujillo está ao norte do Peru, a 560 quilômetros da capital. A cidade foi um das primeiras fundadas pelos colonizadores espanhóis e tem sido base para a exploração de sítios arqueológicos pré-incas de valor inestimável. Atualmente Trujillo vive da cana de açúcar e do turismo. A cidade está cercada de atrativos arqueológicos que você não pode deixar de conhecer. Huacas del Sol y de La Luna, El Brujo e a cidade de barro Chan Chan (Patrimônio Cultural da Humanidade).

Chiclayo

Chiclayo está ao norte do Peru, a 205 quilômetros de Trujillo e 765 quilômetros de Lima. A cidade é conhecida como a capital da amizade por seu doce king kong (parecido com um alfajor), Juan Aurich (time de futebol da cidade) e por seus antepassados. Com um clima de cidade do interior, Chiclayo possui uma das melhores infraestrutura de hospedagem, bares e restaurantes da região. É porta de entrada para os fãs de arqueologia. O eixo Chiclayo-Trujillo guarda as melhores templos e construções de cultura anteriores aos incas. Não deixe de conhecer as cidades da redondeza como Lambayeque e Ferreñafe que guardam os melhores sítios arqueológicos.

Dicas

  • O fuso horário do Peru é -2h com relação ao horário de Brasília.
  • Se você decidir fazer uma viagem pelo Peru de carro, saiba que não é uma tarefa fácil. Recomendamos que pegue as estradas pelo litoral ou sobre os Andes.
  • Não é necessário visto para entrar no país, apenas passaporte ou carteira de identidade.
  • Vacina também não é obrigatório, mas se você preferir pode tomar contra febre amarela.
  • O mal da altitude pode te causar alguns desconfortos como tontura, enjoo, mal estar e dor de cabeça. Você pode amenizar esses sintomas tomando chá de coca. Recomendamos também deitar-se no hotel por uma hora assim que chegar no seu destino. Evitar movimentos bruscos e exercícios físicos nas primeiras horas
  • Você pode fazer uso da folha de coca em qualquer lugar da região andina. Não tente levar para casa ou pode ter problemas com a polícia brasileira e peruana.
  • O trânsito no Peru é caótico, principalmente em Lima. Tome muito cuidado ao atravessar as ruas
  • A moeda oficial do Peru é o Novo Sol, ligeiramente abaixo da moeda brasileira. Se precisar trocar seu dinheiro há cambistas oficiais por todos os lados em Miraflores. Porém é recomendável que troque nos bancos ou casas de cambio.
  • Assim que chegar ao aeroporto de Lima, pesquise e pechinche bastante os preços dos táxis. Os taxistas colocam preços abusivos e por falta de informação os turistas acabam pagando. Sempre pechinche o preço do trajeto antes de entrar no táxi.
  • Viajar de ônibus pelo Peru é muito melhor e mais confortável que no Brasil. As poltronas reclinam bem, há serviço de bordo e alguns ônibus oferecem até Wifi.

Crédito das fotos: arquivo pessoal e divulgação

COMPARTILHAR
Artigo anteriorArgentina
Próximo artigoChile

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here