Cidades históricas de Minas Gerais

Como já dizia Guimarães Rosa “minas são muitas mas poucos conhecem as mil faces das gerais”. Meus tios, primos, avós e meus pais são de Uberaba, no triângulo mineiro. Porém quando surgiu uma oportunidade de trabalho, meus pais se mudaram para Goiás. Com isso eu e meus irmãos acabamos nascendo em solo goiano. Quando comecei o colegial na escola foi natural que voltássemos para Uberaba. Embora tenha vivido quatorze anos em Goiás, as cidades históricas de Minas Gerais sempre foram uma grande paixão na minha vida. Quero conhecer cada cantinho mineiro. Apesar de ser um estado quase do tamanho da França, boa parte dessas cidades estão próximas uma das outras.

Leia mais sobre outras dicas de viagem

Conhecer as cidade históricas mineiras é uma viagem ao passado. As ruas, igrejas e construções de cada cidade conta um pouco da história do Brasil na época do ciclo do ouro. Além de conhecer um pouco mais da nossa história. Esse é um passeio é perfeito para provar as delícias gastronômicas de Minas Gerais. Nesse artigo queremos contar um pouquinho das principais cidades históricas. Listamos 7 cidades imperdíveis para você se apaixonar.

Cidades históricas: Ouro Preto

Principal cidade histórica que chega até a ofuscar todas as outras. Ouro Preto é a antiga capital de Minas Gerais e símbolo máximo do ciclo do ouro. No seu auge foi umas das principais cidade da América Latina. Ali viviam mais pessoas do que São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, no mesmo período. Ouro Preto atraiu multidões que viam em busca de riqueza, alterando o eixo colonial do nordeste para sudeste e causando uma migração de portugueses para o Novo Mundo. Nessa época a população do Brasil saltou de 300 mil para 3 milhões de pessoas.

Diante de toda essa importância, quem visita a cidade se depara com várias igrejas, casarões, ruas de pedras e antigas minas de ouro. Uma cidade viva que mistura bares e restaurantes com uma das principais universidades do estado. Tudo isso a menos de 100 quilômetros de BH.

Ouro Preto - Cidades históricas de Minas Gerais
Ouro Preto

Diamantina

Uma cidade mais afastada de Belo Horizonte do que as outras mencionadas nesse artigo. São 300 quilômetros mais ao norte do estado até Diamantina. Cidade natal de Juscelino Kubitschek. Diamantina é uma joia muito pouco explorada devida a distância das outtras cidades históricas mineiras.

Um destino considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. A cidade nasceu no período do ciclo do ouro mas como o nome já indica, o forte dali era o diamante. Diamantina possui um centro histórico muito rico além de cachoeiras e povoados. Sem falar no passadiço Casa da Glória que é cartão postal da cidade.

Diamantina - Cidades históricas de Minas Gerais
Diamantina

Mariana

A menos de 15 quilômetros de Ouro Preto está Mariana, a primeira capital mineira. Essa cidade foi fundada a mais de três séculos. Guarda riquezas e um centro histórico impressionante. Saindo de Ouro Preto, a caminho de Mariana, você encontra a Passagem, uma mina de ouro interessantíssima. Já na cidade há muitos casarões, igrejas, praças, bares e restaurantes. Apesar de caro, vale a pena o passeio de maria fumaça entre Ouro Preto e Mariana.

Igrejas gêmeas de Mariana - Cidades históricas de Minas Gerais
Igrejas gêmeas de Mariana

Congonhas

A cidade de Congonhas ganhou fama com o Santuário do Bom Jesus do Matosinho e essa obra recebeu o título de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. O responsável por toda essa fama é Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, que projetou 12 profetas em pedra sabão que tornou o santuário famoso. Ele também trabalhou em outras cidades mineiras como Ouro Preto, Mariana e Sabará.

Congonhas oferece aos visitantes um museu, casarões, igrejas e algumas lojinhas de artesanato. Uma pena que não disponha de bares restaurantes. Pela falta de uma centro gastronômico interessante, normalmente os turistas fazem passeio bate e volta. Pelo menos o destino está bem pertinho de cidade como Tiradentes e Ouro Preto o que facilita no planejamento da viagem.

Congonhas - Cidades históricas de Minas Gerais
Congonhas

Tiradentes

Tiradentes é realmente uma cidade encantadora. Para alguns a melhor cidade histórica de Minas. Diferente dos outros destinos, Tiradentes parece que parou no tempo. Com um jeito de cidade cenográfica com apenas construções coloniais, esse lugar é capaz de te levar em uma viagem no tempo.

A cidade foi fundada em 1702 com o nome de Santo Antônio do Rio das Mortes. Porém mudou de nome várias vezes até chegar na homenagem ao mártir da Inconfidência Mineira que nasceu na fazenda do Pombal, nessa região. Há 200 quilômetros de BH e apenas 15 quilômetros de São João Del Rei.

Tiradentes - Cidades históricas de Minas Gerais
Tiradentes

Sabará

Há apenas 25 quilômetros de distância de Belo Horizonte, Sabará é uma cidade que pode-se chegar até de ônibus urbano, cabify ou Uber. Um lugar que muita gente se surpreende quando visita. Teve origem como arraial de bandeirantes no fim do século XVII. A igreja de Nossa Senhora do Ó é uma das igrejas barrocas mais importantes do Brasil. Além disso a cidade possui diversos casarões e muitas outras igrejas. Sem falar nos dois principais festivais, da Jabuticaba e do de ora-pro-nóbis, hortaliça usada em vários pratos da comida mineira.

Igreja de Nossa Senhora do Ó - Sabará - Cidades históricas de Minas Gerais
Igreja de Nossa Senhora do Ó – Sabará

São João Del Rei

Devido a proximidade entre São João Del Rei e Tiradentes, muitos turistas acabam não visitando esse lugar. Apesar do grande centro histórico que São João Del Rei possui, parece que Tiradentes está em uma bolha que parou no tempo e isso atrai mais os turistas. Em São João passado e presente convivem juntos. Não conhecer esse destino é um erro. A cidade foi fundada em 1713 durante a corrida do ouro. Guarda riquezas impressionantes desse período como igrejas, casarões coloniais e ruas de pedra.

São João Del Rey - Cidades históricas de Minas Gerais
São João Del Rey

Crédito das fotos: divulgação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here