Hungria

Quem ainda não conhece esse destino, não faz ideia do que está perdendo. Localizado no leste europeu, a Hungria faz fronteira com Áustria, Eslováquia, Ucrânia, Romênia, Sérvia, Croácia e Eslovênia. Sua capital, Budapeste, é cortada pelo Rio Danúbio e é uma das mais belas do mundo. Esse país é herdeiro do antigo império Austro-Húngaro, cheio de belezas e histórias para contar. Um lugar com paisagens incríveis, arquitetura imponente e muita cultura.

Leia mais sobre outras dicas de viagem

Leia mais sobre dicas de viagem na Europa

A Hungria é um país cheio de tradições e costumes regionais. Esses aspectos podem ser vistos diariamente, desde a gastronomia, até a música e dança, vestuário e decoração. Sem falar que vive um contraste entre o antigo e o moderno, um excelente motivo para viver momentos inesquecíveis. Apesar do idioma bem diferente é muito fácil se deslocar pelo país. As estradas são muito bem sinalizadas e a hospitalidade do povo húngaro deixará marcas.

Se você está pensando em visitar a Europa, não deixe de acrescentar a Hungria em seu roteiro de viagem. Esse lugar é um dos trinta destinos turísticos mais visitados do mundo, atraindo cerca de 10,2 milhões de turistas por ano. Não é a toa, a Hungria possui cidades belíssimas, museus, rica gastronomia, diversas opções de diversão e lazer, vida noturna agitada e arquitetura que mostra parte da rica história do país. Por estar no situada no centro da Europa, é de fácil acesso. A capital Budapeste está a 3 horas de carro de Viena, na Áustria. Como membro da União Europeia, nenhum visto específico é necessário para entrar no país. É difícil não se impressionar com a arquitetura do país. O contraste entre o novo e o velho caminham lado a lado e é possível ver incríveis construções de séculos atrás próximas a edifícios modernos.

Como chegar a Hungria

Não há voos direto do Brasil para a Hungria porém Budapeste é o principal ponto de chegada do país. Trens, barcos, aviões e estradas, a maioria das capitais europeias fazem o caminho até Budapeste. A maneira mais simples é de avião pelas companhias TAP, Iberia, British Airways, KLM. O Aeroporto Internacional Ferenc Liszt é o principal da Hungria. De lá partem voos para aeroportos locais. É possível chegar de trem pelas capitais europeias Viena, Praga, Berlim, Munique, Praga e Bratislavia.

Quando ir

As estações do ano na Europa são bem definidas. Isso quer dizer que dezembro, janeiro e fevereiro são meses de intenso inverno. Entre os meses de março a maio o clima está mais ameno, o que torna o país perfeito para visitação. Lembre-se que março e abril Budapeste sedia o Festival da primavera, maior evento cultural da Hungria. Junho, julho e agosto é perfeito para quem curte calor. Essa época é considerada alta temporada e os hotéis e serviços costumam estar mais caro

O que comer

A Hungria tem uma gastronomia muito rica com influências asiáticas misturado a componentes germânicos, italianos e eslavos. Para os viajantes que gostam de explorar cada canto do país e descobrir os costumes culinários, há uma grande variedade regional. Um dos pratos mais famosos é a sopa Goulash, um prato picante, feito com carne bovina picada, cebola, legumes, pimentão, páprica e cominho. Outro prato tradicional é o Hortobágyi, um tipo de crepe salgado recheado com vitela e servido como entrada. A mistura de diferentes variedades de carne é uma característica tradicional do país. Sem falar das receitas salgadas que adicionam ameixa, damasco e molhos picantes. Não deixem de provar o langós massa frita que é coberta com creme de leite e queijo.

O que fazer

Budapeste

Budapeste é a capital da Hungria e dividida pelo Rio Danúbio. Buda do lado ocidental e Peste do lado oriental. A cidade chama atenção pelo imponente Castelo de Buda e a arborizada Avenida Andrássy que é muito frequentada por turistas e moradores por ser repleta de lojas de marcas locais e internacionais. Ao mesmo tempo, tem comércio para todos os gostos e bolsos. Feiras, mercados culturais e tradicionais andam lado a lado com shoppings e boutiques alternativas. A cidade possui belas paisagens, arquitetura incrível, monumentos e restaurantes que servem delícias da cozinha húngara. Sem falar nos banhos termais e na agitada vida noturna.

Outra grande atração para os turistas é a ponte Széchenyi Lánchíd, também chamada de Ponte das Correntes, que liga Buda a Peste sobre o Rio Danúbio. Ponte da Liberdade também possui um visual incrível. Não deixe de conhecer o Funicular Sikló, Palácio Real e Morro do Castelo, Bastião dos Pescadores, Igreja de Matias, Café Gerbeaud, Parlamento Húngaro, Sapatos a Beira do Danúbio, Basílica de São Sebastião, Banho Termal Gellért e Hungarikum Bistrô. Você vai precisar de um bom e confortável par de sapatos para conhecer tudo que Budapeste tem a oferecer.

Terra das Águas

Apesar de não ser um país banhado pelo mar, a Hungria é considerada a Terra das Águas, pois detém o maior lago da Europa. O Lago Balaton ainda é dividido e cortado por vários outros rios e define regiões. Além disso, o país está localizado em uma área geotérmica muito ativa, com vários poços de águas termais. Essa riqueza de água termal faz com que o país utilize em diversos spa para relaxamento e tratamentos médicos. Isso é parte muito importante da cultura húngara. O lago é rodeado de pequenos povoados e contruções monumentais.

Mosteiro Pannonhalma

No noroeste da Hungria está localizado o Mosteiro  Pannonhalma, fundado a mais de mil anos e Patrimônio da Humanidade. Sua fachada conserva marcas profundas de estilo romântico, gótico e turco.

Gödöllő

Uma pequena cidade localizada a 30 quilômetros de Budapeste. Muita famosa entre os turistas que vão para conhecer e visitar a residência barroca dos Habsburgo, construída nos anos quarenta do século XVIII por Antal Grassalkovich.

Szentendre

Uma pequena vila a alguns quilômetros de Budapeste que chama a atenção dos turistas pelas casas pitorescas e inúmeros centros de arte. Suas principais atrações são museu Kovacs, Margit e o Szabó e a Catedral da cidade.

Palácio de Lillafüred

Localizado na região de Bükk Hills, o Palácio de Lillafüred oferece diversas atividades como a caverna St. Stephen Dripstone e o passeio de trem pela floresta ou pelo lago Hórmori. Depois de aproveitar o dia nada melhor do que deliciar nos tradicionais restaurantes da cidade, no spa do hotel e viver uma experiência de se banhar em uma caverna.

Martonvásár

Uma pequena e pacata cidade a poucos quilômetros de Budapeste. No centro de Martonvásár você encontrará um dos parques mais bonitos e silenciosos que já visitou. O parque rodeia a residência Brunswick.

Vác

É a maior cidade dos arredores de Budapeste, situada na margem esquerda do Danúbio. Algumas atrações são imperdíveis como a ponte de pedra, catedral de estilo neoclássico e o Arco do Triunfo (único da Hungria e construído em 1974).

Köszeg

Uma pequena e encantadora cidade do condado de Vas é a montanhosa Köszeg. Um lugar que parece que saiu de um conto de fada. Com estabelecimento intimista, castelo da Idade Média, um fosso que parece cenário de filme e trilhas pelas florestas. Köszeg possui um estilo de compra e venda muito peculiar, chamado de Becsületkassza. Funciona da seguinte maneira: a pessoa ou comerciante coloca do lado de fora da loja ou da casa o produto que pretende vender com um caixa do lado com o preço sugerido. Quem se interessar, pega o produto e deixa o dinheiro.

Gyula

A cidade de Gyula está na divisa com a Romênia e é um dos lugares mais românticos da Hungria. Também conhecida como a Cidade das Flores, transportam os viajantes para as histórias heroicas de cavalheiros e suas amadas. A atração principal é o castelo medieval que funciona como museu e teatro. Durante quase todo o ano Gyula recebe festivais  e ventos nacionais como feira Renascentistas e bailes com temas medievais.

Dicas

  • A moeda oficial é o Forint.
  • A língua oficial é o húngaro.
  • O fuso horário da Hungria é de +4h com relação a Brasília.
  • Não é necessário visto para entrar no país.
  • Adquira o Budapest Card que libera a entrada em algumas atrações, oferece descontos e ainda permite o uso de transporte público ilimitado. Estão disponíveis para compra em três tipos, 24h, 48h e 72h. Você pode adquirir online ou em pontos de vendas. A compra online oferece desconto de 5%.

Crédito das fotos: divulgação

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here