Seychelles

Em primeiro lugar as Ilhas Seychelles estão localizadas na África. Um país insular formado por 115 ilhas de coral e granito no Oceano Índico. A população local ainda é presa pelo turismo sustentável. Por isso há um rígido controle da quantidade de turistas em algumas partes do arquipélago. Victoria, capital de Seychelles está localizada na ilha de Mahé. Além disso a cidade é considerada a menor capital do mundo. Possui ares de vila pescadores em meio a praia de areia clara e águas cristalinas.

Descubra as Ilhas Maurício
Apaixone-se por Zanzibar

Por outro lado esse arquipélago se divide em ilhas graníticas e coralinas. As graníticas são formadas por 41 ilhas internas. São consideradas o conjunto de ilhas graníticas mais antigo do mundo. As coralinas formadas por atóis de corais. Além disso Seychelles foi colonizado pelos franceses em 1770. Com a derrota na batalha de Waterloo o país foi cedido a Grã-Bretanha. Portanto a independência veio apenas em 1976 e desde então o governo procura desenvolver a língua crioulo. Como se não bastasse é um dos cinco países da África com maior qualidade de vida, 97% da população com água e saneamento. As pessoas têm acesso à educação, saúde e bem-estar. O país está em 64ª posição segundo o IDH.

Como chegar a Ilha de Seychelles

Antes de mais nada para chegar ao arquipélago de Seychelles não é uma viagem curta. O principal aeroporto é o da capital Victoria na ilha de Mahé. Além disso as principais companhias são Emirates ou Qatar que fazem o trajeto mais curto (com duração de 20h30 a 22h, com conexão em Doha e Dubai). Por fim as empresas Kenya Airways e South African Airways também operam esse trajeto.

Quando ir

Primeiramente a temperatura média do país está em torno de 24°C e 32°C. Isso torna o arquipélago agradável durante todo o ano. Além disso a época mais quente do ano é entre os meses de dezembro a abril. Quando a umidade sobe e as chuvas são mais constantes. Já os meses de maio a outubro são mais frios e secos. Por fim é importante lembrar que Seychelles está fora do cinturão de ciclones. Portanto esse destino um lugar perfeito para os amantes de praia e mar.

O que fazer em Seychelles

Ilha de Mahé

Antes de mais nada a Ilha de Mahé é a maior e principal ilha do arquipélago. Em Mahé está localizada a capital Victoria, considerada a menor capital do mundo e lembra muito uma vila de pescadores. Uma vez que você estiver na cidade, não deixe de caminhar pelo centro, observar as pessoas, os costumes e conhecer o mercado local que é bem parecido ao do Brasil. Lá é possível encontrar souvenirs, vários produtos locais e ter uma noção do modo de vida de Seychelles. Além disso conheça também o Museu Nacional de História que ilustra os acontecimentos do país e tem a menor estátua da rainha Victoria. Visite o jardim de Especiarias do Rei, Jardim Botânico e a Destilaria Takamaka Bay Rum que prepara a rum típico da ilha. Por fim e se tiver tempo, conheça as praias Beau-Vallon, Baie Lazare, Anse Royale, Anse Intendance e Anse Soleil.

Ilha de Praslin

Segunda maior ilha e certamente a mais procurada por turistas. A cidade é tão rústica e inexplorada que o centro não pode ser considerado tão centro assim. Contudo isso é o que torna o lugar tão especial. Essa ilha possui praias majestosas como a praia Anse Lazio e Anse Georgette que são consideradas uma das mais belas do mundo mas a parada obrigatória é na Reserva Natural Vale de Mai. Além disso lá há um parque com o famoso Coco de Mer que se tornou Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Durante a visitação da reserva os visitantes podem conhecer os órgãos reprodutores da árvore de coco.

La Digue

Em primeiro lugar é uma ilha formada por pedras de granito escuras gigantes sobre areias rosadas. Os viajantes podem alugar uma bicicleta e conhecer toda a ilha. Além disso são apenas 12 quilômetros e uma população de 2800 habitantes. Como se não bastasse passear pelas plantações de baunilha e observar tartarugas gigantes são passeios imperdíveis nessa ilha tão pequena e charmosa. Segundo a National Geographic a praia Anse Source d´Argent é a mais linda do mundo e está localizado em La Digue. Se tiver tempo e disposição vá até a Grand Anse que exige uma boa pedalada cheia de subidas e descidas, mas que vale muito a pena.

Eden Island

Primeiramente é uma ilha falsa que construíram para milionários. É possível chegar a Eden Island de carro através de uma ponte que liga Mahé a ilha. Além disso lá é parada obrigatória para aqueles que vão em busca de um pouco mais de agitado e boa gastronomia.

Passeios

Por certo alguns passeios são imperdíveis uma vez que você está em Seychelles. Não deixe de fazer o passeio de barco pelo Oceano Índico e pelo Parque Nacional Marinho St. Anne para observar a fauna local. Além disso o mar de Seychelles é considerado um dos melhores do mundo para a prática de mergulho com cilindro. São mais de 300 espécies de peixes, 100 variedades de coral, mar azul turquesa e uma natureza quase intocada. A melhor época para mergulhar é certamente entre os meses de março a maio e setembro a novembro. Quando a temperatura da água está em torno de 29ºC e a visibilidade de até 30 metros. Outra maneira bacana e bem mais barata de observa a vida marinha é a pratica de snorkeling.

Por outro lado para os amantes de velejar, há uma série de tour oferecidos por empresas locais que te levam até as ilhas mais afastadas. São as chamadas ilhas externas, onde você pode ver o mar aberto e as lagoas azuis turquesa. Além disso entre os meses de outubro a janeiro há uma fartura de plâncton no arquipélago. Para quem gosta de aventura, é possível nadar ao lado do tubarão-baleia, a maior espécie marinha do planeta e totalmente inofensivo ao ser humano já que esse animal se alimenta de plâncton e camarões. Como se não bastasse você ainda pode pilotar sua própria scooter submarina com uma vista panorâmica 360 graus, pescar em alto mar ou pesca submarina no paraíso da pescaria. Ver tartarugas gigantes, escalar, ter uma aula de culinária crioulo, fazer trilhas, praticar golfe e muito mais. Não vai faltar opções para você se divertir.

Dica

  • A moeda oficial é a Rupia de Seychelles.
  • A língua oficial é o inglês, francês e Crioulo de Seychelles.
  • Não é necessário visto para entrar no país, apenas passaporte válido.
  • O fuso horário é de 7h a frente de Brasília.
  • Sem dúvida é recomendável tomar a vacina contra febre amarela com certificação internacional.
  • A melhor maneira de ir do aeroporto até o hotel é através de traslado (muitos hotéis e resorts oferecem esse serviço) ou de taxi.
  • Embora a moeda local seja Rúpia de Seychelles, você pode levar tanto euro como dólar. As duas moedas são aceitas em qualquer estabelecimento mas lembre-se que o troco será em rúpias.

Crédito das fotos: divulgação

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Solve : *
26 − 19 =