San Pedro do Atacama
San Pedro do Atacama

O Chile tem se tornado um dos destinos mais procurados por brasileiros (leia mais aqui). Por ser uma país muito extenso, você vai precisar de mais do que uma viagem para conhecer tudo. Agora se estiver procurando aventura, o Deserto do Atacama é o lugar certo.

Se você está se perguntando o que tem para fazer em pleno deserto, não imagina as belezas deslumbrantes e a paz de espírito que esse lugar pode trazer para você. O Deserto do Atacama é um lugar não só para admirar a paisagem, mas também encontrar paz, povo hospitaleiro e um céu de tirar o fôlego. Esse lugar encanta pelas paisagens que vão desde as belezas das Lagunas Antiplânicas, formação rochosas do Vale da Lua, banhos aquecidos nas Termas de Puritama.

A 2440 metros acima do nível do mar, os passeios são o grande sucesso do Deserto do Atacama. Alguns deles podem te levar até 4000 metros. A cidade de San Pedro do Atacama é onde você vai montar base. Essa é a cidade mais próxima e ponto de saída para o passeio.

Como Chegar ao Deserto do Atacama

O aeroporto mais próximo ao Deserto de Atacama é Calama localizado ao norte do Chile, em meio ao deserto. De avião as companhias Sky Airline e LATAM fazem o trajeto Santiago até Calama que dura em média 2 horas.

Se preferir, da para ir de ônibus até Calama e é uma opção bem mais barata. Porém a viagem dura em média 24 horas. A empresa Turbus te leva até San Pedro do Atacama. Pullman Pass faz o trajeto até Calama.

Saindo de Calama a viagem até San Pedro do Atacama leva em torno de 90 minutos de carro. No caminho você vai se deslumbrar com casas rústicas feitas de pedra, ruas estreitas de areia e terra e pouca iluminação.

Quando ir

San Pedro do Atacama possui apenas dois mil habitantes e quase não chove na cidade (uma média de oito dias ao ano). Isso faz com que o Deserto do Atacama possa ser visitado em qualquer época do ano. É quase certo que você terá um dia lindo de sol durante o passeio.

Ao mesmo tempo tem uma amplitude térmica alta. Temperaturas elevadas durante o dia e quedas bruscas durante a noite. É um lugar tão especial que você só vai entender passando por lá.

O que visitar

Apesar de San Pedro do Atacama ser uma cidade muito pequena, tem uma boa infraestrutura turística. Não deixe de passear pela cidade, conhecer as lojinhas com artesanato local, bares e restaurantes.

San Pedro do Atacama é uma cidade voltada para o turismo e com isso há uma infinidade de agências. Você não precisa fechar pacotes com uma agência ainda no Brasil. Porém é importante fechar com antecedência. Lembre-se que nem sempre o menor preço garante a melhor qualidade. Sua segurança e o sucesso do passeio dependem de uma agência de qualidade. Sempre negocie os valores e peça descontos.

As agências oferecem vários tipos de passeio, mas não deixe de conhecer o Vale da Lua na Cordilheira do Sal, Quebrada de Kari, Pukará de Quitor, Geyseres Del Tatio, Termas de Puritama, Lagoa Cejar, Laguna Verde. Os melhores passeios para você fazer são:

  1. Valle de La Luna e o Vale de la Muerte
  2. O Salar de Atacama
  3. As Lagunas Altiplânicas
  4. O Salar de Tara
  5. Geysers del Tatio

Dicas

  • O clima seco no Deserto do Atacama se faz sentir logo de cara. Com isso pode acontecer do nariz sangrar e a garganta fechar. Não se esqueça de tomar bastante água, MUITA ÁGUA.
  • No verão a temperatura chega a 30° e a noite podem cair até 15°. No inverno a máxima fica em torno de 22°. Nossa dica é sempre levar um agasalho em todos os passeios.
  • Garanta seu passeio ao deserto do Atacama em agências indicadas e de qualidade. Como mencionamos anteriormente, há várias agências locais e nem todas podem garantir qualidade e segurança.
  • Não deixe de levar sempre na mochila água, agasalho, lanche e frutas. Lembre-se que você está em um deserto e os recursos são escassos.
  • Se você alugar um carro, avise sempre ao hotel e as autoridades locais para onde você está se dirigindo e a que horas pretende chegar. As estradas são perigosas, a iluminação é ruim e não há abastecimento no meio do caminho.
  • Não deixe de usar protetor labial, protetor solar, óculos escuros, chapéu, descongestionante nasal, colírio e hidratante. Se preferir leve um kit básico de primeiros socorros.
  • No passeio de Geysers de Tatio leve roupa de banho. Há piscinas naturais térmicas no local.
  • Não é necessário visto para entrar no país, apenas passaporte válido ou carteira de identidade.
  • A moeda local é o Peso Chileno. Os preços são um pouco mais elevados do que os praticados em Santiago devido a distância e à alta procura por turistas estrangeiros.
  • Lembre-se que na maioria dos bares você só pode beber se comer. Não é permitido levantar para dançar.

Crédito das fotos: Um Viajante e divulgação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here