Bali - Indonésia
Bali

Antes de mais nada a Indonésia está localizada no sudoeste asiático sendo composta por mais de 17.000 ilhas. Um destino repleto de cenários de praia, florestas tropicais, cachoeiras e montanhas. Embora todos esses cenários encham os olhos de qualquer turistas, o que chama mais atenção é a hospitalidade do povo. Além disso as danças excêntricas e riqueza de cultos das religiões que influenciam a região, como o hinduísmo e o islamismo. Sem falar no arroz, peixe, coco e especiarias que compõem a exótica culinária local.

Dicas de viagem – Tailândia
Dicas de viagem – Laos
Dicas de viagem – Vietnã
Dicas de viagem – Camboja

Por outro lado a capital Jacarta, localizada na ilha de Java, é uma mistura de trânsito caótico, com seus arranhas céus típicos de grandes cidades e um lado mais antigo com moradias mais humilde e tradicionais. O Museu Nacional da cidade possui problemas estruturais sérios mas guarda segredos e verdadeiros tesouros da cultura. Além disso a paradisíaca Bali é parada obrigatório para turistas que queiram curtir as águas quentes azuis esverdeadas. Já Sumatra, cercada por formações vulcânicas, chama atenção por suas paisagens e bosques. Como se não bastasse conheça a cidade de Medan que possui uma das maiores mesquitas da Indonésia, a Mesquita Mesjid Ray.

Como chegar a Indonésia

Não há voos direto do Brasil para a Indonésia. Embora as principais companhias operam com conexão em cidades da Ásia, Europa e África todas aterrissam na capital Jacarta. As empresas que fazem o trajeto com apenas uma conexão são Emirates e Qatar. Por outro lado a KLM, AirFrance, Turkish e Lufthansa operam com duas conexões.

Quando ir

A maioria das ilhas da Indonésia estão no hemisfério sul, ou seja o clima é bem similar ao Brasil. Com temperaturas médias anual de 27ºC, prepare-se para calor o ano inteiro. Desse modo não faz diferença ir no verão ou inverno a não ser pelo período das chuvas. Essas são mais comuns entre os meses de dezembro a março sendo os meses de julho a setembro mais secos. Contudo a alta temporada abrange os meses de julho e agosto, datas comemorativas como Natal e Ano Novo. Portanto a dica é evitar a alta temporada e o período de chuva. O ideal é viajar em meses como maio, junho e setembro.

O que fazer

Java e Jacarta

Primeiramente a ilha de Java está ao lado de Bali e é nessa ilha que fica a capital Jacarta. Embora a cidade seja porta de entrada dos turistas no país, Jacarta não está muito acostumada a receber visitantes. Falta infraestrutura e bons serviços. Mesmo assim vale a pena conhecer os principais pontos turísticos da cidade (não são muitos). Além disso a ilha é famosa por seus vulcões mas é a cidade de Yogyakarta que chama atenção por ser uma cidade histórica e muito cultural.

Lombok e Gili Islands

A ilha de Lombok fica do lado direito de Bali e chama atenção pelas famosas ilhotas Gili Islands. Além disso é um lugar paradisíaco, com águas transparentes, cheias de peixinhos e tartarugas. Um lugar perfeito para fazer snorkel, mergulhar ou simplesmente curtir a praia. Por outro lado um das atrações mais incríveis da ilha é o trekking até o vulcão Rinjani. O passeio pode levar até 4 dias mas será uma das experiências mais incríveis da sua vida. Todavia se quiser curtir uma boa praia de surf vá até a praia de Kuta Lombok.

Bali

Bali é um destino paradisíaco, quente, vivo e um dos lugares que mais celebra o hinduísmo e o budismo na Indonésia. São cerca de 1000 templos espalhados pelo território. Além disso o trânsito é caótico e a vida organizada em vilarejos. Contudo Bali não se resume apenas as famosas praias.

Além disso na parte sul da ilha não deixe de conhecer a área de Seminyak que possui vários clubes e uma praia mais bonita que a outra. Ku de Ta, Potato Head, Padang Padang, Dreamland Beach e a maravilhosa Uluwatu Beach (Blue Point Beach) são alguns exemplos. Por outro lado não perca o pôr do sol no Uluwatu Temple, um templo construído na beira da encosta e em frente ao mar. Outra excelente opção para um fim de tarde é o Tanah Lot. Esse templo foi construído sobre um rocha no meio do mar. Quando a maré está baixa é possível chegar até lá caminhando.

Como se não bastasse um pouco mais ao centro da ilha de Bali, em Ubud há diversas opções de entretenimento. Conheça o Ubud Palace com suas danças típicas balinesas, Ubud Market ótimo para comprar lembracinhas e Monkey Forest com macacos que chegam bem pertinho dos turistas. Nos arredores de Ubud certamente uma das maiores atrações são os campos de arroz, principalmente os de Tegalalang. Além disso Elephant Cave e ao templo Tirta Empul fazem um ritual de purificação da água incrível. Um dica super bacana é fazer uma aula de gastronomia ou Yoga. Por fim subir no vulcão Mount Batur logo de manhã e curtir o amanhecer lá de cima.

Se estiver com tempo, não deixe de explorar a ilha de Bali, admirar os golfinhos na Lovina Beach, conhecer o templo Ulun Danu Bratan e os campos de arroz de Jatiluwih que são patrimônio da Unesco.

Sumatra

A ilha de Sumatra faz parte da Indonésia mas está mais afastada, próxima a Malásia. Além disso é a terceira mais ilha do país. Certamente vale a sua visita por seus famosos vulcões, belezas naturais incríveis e praias de surf.

Flores e Komodo

Embora as ilhas de Flores e Komodo também estejam afastadas da ilha de Bali, é um dos melhores lugares do mundo para mergulhar. Além disso na Ilha de Flores está o incrível lago de três cores, o Kelimutu. Sem falar que Komodo é onde fica o parque com os famosos dragões de Komodo.

Sulawesi

Como se não bastasse a ilha de Sulawesi fica mais afastada e ao norte. A grande atração da ilha são as praias perfeitas para mergulho e as cerimônias dos funerais. De acordo com os indonésios os corpos dos mortos são capazes de se mexerem sozinhos e ir de um lugar para o outro.

Dicas

  • A língua oficial é bahasa indonésio. Todavia em Bali se fala balinês. Além disso o inglês básico é falado em lojas e serviços para se comunicar com os turistas.
  • A moeda é Rupia indonésia.
  • O fuso horário da Indonésia é de +11h com relação a Brasília.
  • Por outro lado a rede elétrica é de 230V sendo as tomadas com dois pinos redondos e fundos.
  • Brasileiros não precisam de visto para viajar a Indonésia por até 30 dias.Contudo é necessário passaporte com seis meses de validade e certificado de vacina contra febre amarela. Ao mesmo tempo é importante ter uma cópia das passagens de ida e volta. Para maiores informações site da Embaixada.
  • Antes de mais nada é preciso tomar a vacina contra febre amarela pelo menos 10 dias antes da viagem.
  • Se você pretende dirigir na Indonésia é melhor tirar o PID (Permissão Internacional para Dirigir). Essa tem a mesma validade da CNH brasileira.
  • O turista certamente usará um sarong antes de entrar nos templos. Essa vestimenta é obrigatória e um sinal de respeito. Principalmente para mulheres que usam roupas curtas mas usada tanto para homens como para mulheres.

Mais dicas

  • Embora o verão seja o período de baixa temporada, é quando costuma chover mais. Fique atento ao planejar sua viagem uma vez que a maioria das atividades são ao ar livre.
  • Além disso como a Indonésia é uma país quente o ano inteiro, leve roupas leves na mala.
  • Fique muito atento aos macacos. Esses animais parecem dóceis mas eles são selvagens e fazem de tudo por comida. Além disso eles roubam bonés, óculos, chinelos, qualquer coisa para ganharem comida em troca.
  • Embora a Indonésia seja uma país bem tranquilo, as punições para tráfico de drogas são severas. Portanto não carregue nada que não seja seu.
  • Lembre-se que a gastronomia na Ásia é bastante apimentada. Portanto antes de fazer o seu pedido, certifique-se sobre a pimenta.
  • Beba bastante água mas de preferência mineral para evitar os problemas intestinais.
  • Carregue sempre protetor solar na mochila. Em algumas  áreas onde há plantações e florestas, os mosquitinhos podem ser um incomodo.

Crédito das fotos: divulgação

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here