Laos

O Laos é um país vizinho da Tailândia mas que parece ter parado no tempo com seus templos dourados e natureza abundante. Praticamente uma parada obrigatório para quem vem ao sudeste asiático porém bem menos turístico e conhecido. As pessoas são simples, estão sempre sorrindo e de bem com a vida. Sem falar que as paisagens são lindíssimas e não faltam opções de passeio como andar de elefante, pedalar, fazer trilha, motociclismo, cachoeiras e vários templos budistas.

O Laos é cortado pelo Rio Mekong e suas águas são utilizadas para transporte local. Aliás essa é uma excelente maneira de observar os costumes das pessoas locais. Sem falar que através do rio Mekong dá para descobrir as famosas Park Ou Caves.

Ex-colônia francesa e de tradições comunistas, sofreu bastante com a guerra do Vietnã. O governo só abriu as portas para o turismo há duas décadas. Aos poucos a população começa a receber visitantes em busca de aventura.

Mais dicas de viagem clique aqui

Como chegar ao Laos

Não há voo direto do Brasil para o Laos. O viajante deverá fazer de duas a três escalas até chegar ao aeroporto de Luang Prabang ou Vientiane. As conexões são normalmente na Europa e outra na Ásia. As companhias Lufthansa e Qatar Airways são duas opções de voo até a Tailândia. De lá você vai precisar pegar outro voo direto para Luang Prabang ou a capital Vientiane. As companhias Lao Airline e Bangkok Airways fazem o percurso e possuem preços bem atraentes.

Se você estiver na Tailândia, é possível comprar passagens de ônibus de Chiang Mai para as principais cidades do Laos como Vientiane, Vang Vieng ou Luang Prabang. Porém é preciso comprar com antecedência.

Quando ir

A melhor época para conhecer o Laos na estação seca, entre os meses de novembro a março. Faz um friozinho a noite, mas durante o dia é bem quente. De abril a maio é o período de monções onde chove todo dia e o calor é insuportável.

Como circular

Por ser uma país pequeno, é bem comum no Laos o aluguel de bike ou moto. Esses dois veículos são as melhores maneiras de conhecer os lugares e observar os costumes das pessoas locais. A companhia Lao Airline opera voos internos e entre os países Camboja, Vietnã, Cingapura, China e Tailândia.

O que fazer

Luang Prabang

Luang Prabang é a capital mochileira do país. A cidade está a 425 quilômetros da capital Vientiane e foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. É uma cidade pequena e por isso perfeita para caminhar pelas ruas, sentir a energia do lugar e a espiritualidade dos habitantes. Luang Prabang reúne templos budistas, casarões, templos religiosos, comércio vibrante e bons restaurantes no centro histórico.

Uma vez na cidade não deixe de conhecer o Palácio Real, os diversos templos da cidade, o Night Market e o morro Phou Si. Muitos hotéis oferecem bicicleta, mas caso não esteja incluso, ainda vale a pena alugar e passear por Luang Prabang. Se conseguir acordar bem cedinho, não perca o Tak Bat ou Ronda das Almas, um ritual feito pelos monges pedindo comida na rua. E porque não fazer uma sessão bem relaxante de massagem.

Vang Vieng

A cidade de Vang Vieng fica entre Vientiane e Luang Prabang. É um lugar cercado por montanhas de formato peculiar onde o principal atrativo é o turismo de aventura. A cidade é muito frequentada pelo público jovem que vem atrás principalmente do famoso Tubing. Uma prática que consiste em descer o rio que cruza a cidade em uma bóia. As margens do rio encontra-se diversos bares, restaurante e baladas que vão noite a dentro (coisa rara no Laos). Conforme você desce o rio vai parando nos bares da margem para tomar uma.

Thakhek e Pakse

Thakhek é a cidade base para o Thakhek Motorbike Loop, uma das atividades mais intensas do país. Essa atividade consiste em um roteiro em looping que você faz de moto ou scooters. São 450 quilômetros percorridos em quatro dias onde você começa e termina na cidade de Thakhek. Não é preciso ter carteira de motorista, basta alugar sua moto e capacete e você já recebe o mapa da região com todas as instruções. No caminho há cavernas, vilarejos, montanhas, piscinas naturais e a majestosa caverna Kong Lor.

Pakse é a cidade base para você conhecer Bolaven Plateau. Uma região vasta em plantações de café, florestas e cachoeiras. Você conhecer toda a região no mesmo esquema do Bolaven Plateau Motorbike Loop. O trajeto dura cerca de 3 a 4 dias.

Four Thousand Islands

Na fronteira com o Camboja localiza-se um arquipélago do Rio Mekong (que como mencionamos anteriormente, cruza o Laos). São quatro mil ilhas onde as mais visitas são Don Khon e Don Det. Lá você pode alugar uma bicicleta, um caiaque, nadar ou se preferir apenas observar o movimento das águas e os golfinhos de água doce. Esse lugar é perfeito para você descansar.

Vientiane

Vientiane é a capital do Laos. Muitos turistas deixam essa cidade de fora por acharem que não há atrações suficientes. É exatamente por isso que devemos curtir a tranquilidade do lugar com bem menos turistas. Você vai poder conhecer de perto as pessoas, a cultura local, a rotina e o estilo de vida. Sem falar que os custos são bem mais baratos que Luang Prabang e com uma culinária bem mais refinada. Vientiane está na divisa com a Tailândia, onde passa o Rio Mekong. Não deixe de explorar as margens do rio, conhecer os templos budistas da cidade, monumentos sagrados e centros religiosos.

Cachoeiras e Fazendas

Nos arredores da cidade de Luang Prabang há diversas cachoeiras. As mais disputadas são aquelas de água azul turquesa como Kwang Si. Não deixe de fazer passeios às fazendas de elefantes que são considerados animais sagrados. Alguns tours incluem visita às fazendas e a caverna do Park Ou Cave.

Dicas

  • É necessário visto para entrar no Laos. O visto pode ser adquirido na fronteira com outros países ou no aeroporto. Você vai precisar levar passaporte, duas fotos de passaporte, endereço de hospedagem, preencher um formulário quer é entregue pelas companhias aéreas e pagar $40 dólares em dinheiro.
  • A moeda do país é o kip. Na fronteira eles aceitam baths (que é a moeda da Tailândia) mas existe caixas eletrônicos caso queira sacar dinheiro.
  • O Laos tem um dialeto próprio, mas fala-se o francês como segunda língua. O inglês é comum entre os turistas.
  • Um país de colonização francesa onde você pode encontrar muitas opções de baguete. Ao contrário da Tailândia, não é uma comida apimentada.
  • A vacina contra febre amarela é obrigatório. Você precisa se vacinar até dez dias antes da viagem. Lembre-se também que é preciso um comprovante internacional (você consegue nos postos da ANVISA) e passar pelo controle de saúde antes da fiscalização. É recomendável vacina contra Hepatite A, Febre Tifoide, Encefalite Japonesa, Raiva e Malária.
  • É proibido entrar nos templos sagrados com calçados, shorts e saias acima do joelho, camiseta/blusa sem mangas.

Crédito das fotos: divulgação

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBar Brahma
Próximo artigoBar da Dona Onça

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here