Lições que aprendemos em um ano de viagem

Antes de embarcar em uma viagem de um ano é preciso muito planejamento, mas também é importante ler as experiências de outros viajantes. As histórias contatas funcionam como fonte de inspiração para continuarmos carregando nossas mochilas mundo afora. Ao mesmo tempo as lições que aprenderemos mudarão nossa maneira de encarar a vida.

Leia mais sobre outras dicas e viagem

Quantas histórias você já ouviu de pessoas que se descobrem verdadeiros viajantes por não se adaptarem ao emprego fixo e a rotina do dia a dia. Pessoas que começam a viajar e descobrem um outro significado de felicidade. Esse desapego e essa maneira de encarar a vida traz o desejo que me jogar no mundo. Quero compartilhar minha própria experiência ao invés de contar as histórias dos outros. Viajar é a melhor maneira para conhecer pessoas e culturas. Ao mesmo tempo a melhor forma de aprendizado e amadurecimento pessoal.

10 lições que aprendemos

1- A técnica de viajar

Viajar realmente não é tarefa fácil e sim uma função. Depois de um ano de viagem e vários perrengues, você aprende a não perder a cabeça com qualquer problema. Aprende a se virar na marra.

2- Tomada de decisão

Se você é daqueles que está sempre em cima do muro e a simples tarefa de escolher o filme do fim de semana se torna difícil, agora é a hora de mudar. Uma viagem como esta te ensina que tomar decisões pode ser crucial. Principalmente quando você chega ao hotel e descobre que não há mais vaga.

3- Planejamento

Você terá que se adaptar aos mais diferentes tipos de situações. Planejar sua viagem, mas deixar em aberto para que novas oportunidades surjam. Talvez você acabe não seguindo a planejamento inicial. Por mais planejado que seja sua viagem, o inesperado pode te surpreender.

4- As diferenças culturais

Já dizia um velho sábio que no final das contas o ser humano sempre busca as mesmas coisas. Paz, amor, felicidade e segurança. Porém não há nada melhor do que vivenciar as diferenças culturais de um país para o outro até chegarem ao mesmo senso comum. O choque cultural pode ser fascinante.

5- Adaptabilidade

Você precisa ser capaz de se adaptar aos vários tipos de cultura. Como estamos sempre mudando de um lugar para o outro, precisamos nos encaixar aos vários tipos de cultura e costumes. Ser diferente é normal, tudo depende do ponto de vista.

6- Comunicação

Sem sombra de dúvidas o inglês faz toda a diferença em uma viagem como está. Mas acredite, a linguagem dos sinais e um belo sorriso no rosto também pode te levar a qualquer lugar. Claro que um tradutor no telefone te ajuda a começar a comunicação.

7- Prioridade

Uma das grandes riquezas que viajar pelo mundo nos trás, é a capacidade de mudar nossa forma de pensar a todo instante. Consequentemente o que buscamos para nosso futuro. As viagens começam com tempo determinado, mas com o passar do tempo o status se torna indeterminado. Se antes a prioridade era uma ilha deserta, hoje o viajante não pode ficar em internet. Ter prioridade é importante, mas precisamos estar abertos a mudanças.

8- Viver com intensidade

Uma viagem de um ano pode te ensinar dez vezes mais do que se você estivesse levando uma vida “normal”. A intensidade como tudo acontece, os aprendizados, as histórias, empatias, compaixão, tudo isso levaria muito tempo para você descobrir. Melhor aprender da melhor forma possível.

9- Melhorar

Torne-se uma pessoa melhor. Você passa a enxergas as coisas com outra perspectiva. Seus hábitos e suas crenças mudam. Você nunca mais vai encarar a vida da mesma maneira.

10- Dias bons e dias ruins

Assim como na vida de qualquer pessoa, haverá dias ruins, dias péssimos e dias bons. Mesmo como blogueiros de viagem, há dias que da vontade de jogar tudo para o alto. O importante é deixar a poeira passar, respirar fundo e continuar.

Leia mais informações no blog Em Algum Lugar do Mundo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here