Los Roques

Em primeiro lugar o arquipélago de Los Roques faz parte da Venezuela sendo considerado um destino imperdível para quem visita o país. Localizado a 170 quilômetros do litoral venezuelano, em meio ao mar da Caribe. Los Roques possui cerca de 50 ilhotas e atrações para todos os gostos. Além disso a maioria dos turistas que visitam a ilha são casais e jovens a procura de sol, mar. Embora seja possível chegar até o arquipélago de barco, a maneira mais prática é através de voos domésticos que partem diariamente de Caracas, Porlamar e Maracaibo.

Dicas de viagem – Ilhas Cayman
Dicas de viagem – Cancún
Dicas de viagem – Punta Cana

Por outro lado Gran Roque é a maior e mais povoada ilha do arquipélago. Onde se encontram os principais hotéis, pousadas, restaurantes e a pouca infra estrutura disponível na ilha. Mesmo assim o viajante terá que lidar com o pouco luxo oferecido e as vezes falta até água aquecida. Além disso o aeroporto fica na ilha de Gran Roque. Todo turista que chega é obrigado a pagar a taxa de visita do arquipélago uma vez que há uma necessidade de preservação do local. O Parque Nacional foi criado em 1972.

Como se não bastasse em Los Roques não faltam opções de entretenimento. Os amantes de mergulho ficaram impressionados com a visibilidade da água e com a fauna submarina. Além disso a areia fina e branca, as águas calmas e transparentes são a grande atração do arquipélago. As principais ilhas são Francisquí, Madrisquí e Crasquí.

Como chegar a Los Roques

Primeiramente não há voos direto do Brasil para Los Roques e nem para a capital Caracas. Sendo assim o viajante terá que enfrentar ao menos três voos para chegar até seu destino final. As companhias Copa, American Airlines operam trajetos até Caracas com conexão na Cidade do Panamá, Bogotá ou Miami. O aeroporto internacional de Caracas fica a 20 quilômetros do centro da cidade. Nem sempre os voos domésticos para Los Roques partem do mesmo aeroporto e/ou no mesmo dia.

Além disso os aviões são pequenos (em média 12 passageiros), os horários são limitados, as passagens só estão disponíveis um mês antes da viagem e os tíquetes não podem adquiridos pelo site. Portanto o viajante terá que entrar em contato por email e o pagamento feito por Paypal. Por outro lado as companhias que operam voos Caracas a Los Roques são Albatros, a Chapi Air e a Conviasa.

Quando ir

Antes de mais nada é preciso lembrar o viajante que Los Roques é um destino que pode ser visitado em qualquer época do ano. O clima é bastante estável e os dias de sol duram quase o ano inteiro. Além disso quase não chove no arquipélago, o mar possui uma temperatura super agradável e o destino está fora da rota de furacões. No verão, entre os meses de junho e setembro, as temperaturas ficam em torno de 28°C. Já no inverno, entre os meses de dezembro a março, a média é de 26°C. Embora a chuva seja mais frequente nos meses de novembro a dezembro, não chega a atrapalhar o passeio do visitante já que o índice pluviométrico é muito baixo. Por outro lado a falta de chuva afeta diretamente a vida das comunidades locais e viajantes que sofrem com o racionamento de água.

Além disso Los Roques não costuma sofrer muito com a alta temporada. Os meses mais agitados são agosto (férias escolares) e a temporada de Natal e Ano Novo (dezembro e janeiro). Nessa época os preços dos serviços sobem um pouco. Como a lagosta é uma das principais iguarias do arquipélago, o turista que deseja provar esse prato certamente deverá observar a temporada de pesca. Esse período é de novembro a abril.

O que fazer

Sem dúvida Los Roques será um destino na qual vai deixar saudade. Um lugar que pode facilmente ser comparado ao paraíso. O arquipélago encanta por sua simplicidade e exuberância do mar. Um destino que conquista o turista pelas belezas naturais, mar azul turquesa, gastronomia, esportes aquáticos, pesca mas também pelo pôr do sol incrível.

Ilhas e praias

Certamente quem visita Los Roques está em busca de sol, mar e areia. Nessa viagem não faltará opções para encher os olhos do viajante. São várias ilhas cercada pelo mar do Caribe mas cada uma com sua característica. Portanto prepare-se para os mais diversos passeios e muita praia.

Além disso não deixe de conhecer as ilhas mais populares e bem fáceis de chegar, Madrisquí e Francisquí. Em seguida vá Cayo de Água, Carenero e Sebastopol que são lindamente imperdíveis. Se estiver com tempo, vá a Crasquí, Noronquí, Espenquí e Pelona de Rabusquí, além de Dos Mosquises, Isla Agustín, Sarquí, Bequevé. Agora que o seu negócio é exclusividade, conheça Cayo Muerto e Saquí Saquí. Por fim Cayo los Viejos e Cayo Vapor oferece um pouco mais de agito sendo perfeita para a prática de kitesurf.

Passeios

Há diversos passeios que o turista pode fazer em Los Roques mas já pensou em passar um dia inteiro em uma ilha deserta? O viajante pode ainda combinar com o barqueiro de leva-lo até uma ilha exclusiva e combinar o horário da volta. Além disso em boa companhia você levar um bóia, prancha, frescobol, máquina fotográfica e subaquática, baralho, tomar sol e se divertirem juntos.

Esportes

Por outro lado Los Roques é um excelente destino para a prática de kitesurf e windsurf. Devido aos ventos fortes e constantes, muitos turistas vão para praticar e outros para assistir as acrobacias. Além disso você pode aproveitar para fazer algumas aulas. Há uma escola de kitesurfe em Francisquí de Arriba. As principais ilhas são Cayo Los Viejos, Cayo Vapor, Saquí Saquí e Cayo Fabian.

Mergulho

Como se não bastasse mergulhar é uma dos melhores passeios que o turista irá fazer. O arquipélago é conhecido por ter uma vida marinha muito intensa e impressionante. Além disso não é preciso ir longe para ver dezenas de espécies de peixes, crustáceos, moluscos, corais, estrelas do mar, tartarugas, arraias e até alguns tubarões e golfinhos. Em Los Roques a visibilidade é de 15 a 30 metros. Os melhores pontos para mergulho são Madrisquí, Francisquí, Boca de Sebastopol, Boca del Medio, Boca de Cote, Laguna de Rabusquí, Carenero e Crasquí.

Mergulho em Los Roques
Mergulho em Los Roques

Gastronomia

Apesar de simplicidade das pousadas e hotéis, o turistas irá se surpreender com a culinária de Los Roques. Com um mar tão rico, a especialidade do lugar não poderia ser diferente, bastante peixes, crustáceos e outros frutos do mar. O jantar segue sempre os passos – entrada, prato principal e sobremesa. Além disso se optar por comer fora das pousadas, prefira os restaurantes a beira mar onde os peixes são sempre frescos.

Culinária locall - Los Roques
Culinária locall

Gran Roque

Um lugar que certamente o turista precisa visitar. Gran Roque lembra muito cidade do interior onde os vizinhos andam descalço, curtem a pracinha, sentam na calçada de casa e ficam jogando conversa fora. Além disso caminhar pelo povoado é um passeio incrível para entender como as coisas funcionam e porque esse lugar é tão especial. Não deixe de de subir no Farol Holandês que tem uma vista linda da cidade.

Pôr do sol

Diante de um arquipélago tão encantado e a predominância de lindos dias de sol, aproveite para curtir o pôr do sol em diferentes lugares da ilha. Sem dúvida um dos espetáculos mais lindos que você verá. Além disso curta um dia na Capela Gran Roque, outro sentado à mesa do Bora la Mar com um maravilhoso drinque. Suba ao Farol Holandês (o ponto mais alto de Gran Roque) ou vá até um dos píeres que ficam na praia de Gran Roque. Como se não bastasse a cada espetáculo do sol faça um brinde, ou quantos quiser.

Dicas

  • A língua é o espanhol sendo o inglês falado nas principais pousadas e hotéis.
  • Já a moeda oficial é o Bolívar Venezuelano. Contudo não recomendamos o uso de cartão de crédito uma vez que as operadoras de cartão não seguem as mesmas regras de conversão.
  • O fuso horário de Los Roques é de -1h com relação a Brasília.
  • Brasileiros não precisam de visto para entrar na Venezuela e passaporte também não é obrigatório
  • Além disso a voltagem em Los Roques é 110V com tomadas de dois pinos retos e paralelos. Sempre bom levar um adaptador de tomadas para eventos problemas.
  • Apesar de haver racionamento de água, não falta luz. A maioria das pousadas e hotéis possuem gerador especialmente para não ficar sem ar condicionado.
  • Em primeiro lugar lembre-se que você está indo visitar uma área de proteção ambiental e com várias restrições e regras. Seja um turista consciente. Não deixe nada na ilha e nem leve nada com você. É proibido levar lembrancinhas para casa como conchas e corais.
  • Já que há uma dificuldade de comprar passagens para Los Roques, a dica é contratar o serviço de uma agência de viagem. A agência poderão intermediar todos os transmites, garantir serviços de qualidade e tornar sua viagem muito mais agradável.
  • Certamente um dos motivos que mais preocupa o viajante quando visita a Venezuela é a atual crise do país. Essa instabilidade pode afetar diretamente o turista. Contudo a crise não afetou fortemente Los Roques, que não sofre com a falta de comida e produtos diversos. Fique atento apenas as condições de visita em Caracas e outros destinos.

Mais dicas

  • Não troque dólar por bolívares no aeroporto internacional de Caracas e nem com cambistas e casas de câmbio oficial. O ideal é procurar um guia local de confiança e combinar o valor com antecedência. Por isso as pousadas e hotéis podem te ajudar a encontrar um guia.
  • As gorjetas na Venezuela ficam em torno de 10% a 15%. Contudo muito venezuelanos preferem receber produtos como shampoo e sabonete em lugar de dinheiro.
  • Por outro lado o Wi-Fi está disponível em quase todas as pousadas e hotéis mas não podemos garantir a qualidade do sinal. Já o sinal de telefone é constante.
  • Los Roques é um arquipélago bem seguro na Venezuela porém não recomendamos que turistas façam o tour por Caracas sozinhos.
  • Por ser um arquipélago do Caribe o turista certamente deverá levar protetor solar, óculos escuro, chapéu, boné, tomar bastante água e levar roupas leves.
  • Como se não bastasse procure tomar sempre água mineral e evite pedir bebidas com gelo.
  • Embora a areia seja branca e fina, há muitos corais dentro do mar que machucam o pé. Aproveite para levar um calçado especial para caminhar na água.

Crédito das fotos: divulgação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here