Piazza Duomo e Catedral Duomo - Milão
Piazza Duomo e Catedral Duomo

Localizada ao norte da Itália, Milão é a capital da região da Lombardia. A cidade não é a maior do país mas com certeza faz o papel de metrópole mais moderna e cosmopolita. É o centro financeiro e comercial. Um lugar onde o moderno e o antigo se mistura de forma perfeita.

A cidade possui uma passado rico culturalmente e arquitetônico que conquista os olhos de todos os visitantes. Mas não é só isso. Milão ainda é referência em história, arte, design e conhecida como o reino encantado dos apaixonados pela moda. As ruas mais famosas da cidades são chamadas de Quadrilátero de Ouro por abrigar as grifes mais chiques e caras do mundo. Ainda assim você encontrará o stress e o caos das grandes cidades.

Dicas de viagem – Florença

Dicas de viagem – Veneza

Dicas de viagem – Gênova

Dicas de viagem – Nápoles

Dicas de viagem – Bolonha

Como chegar a Milão

Há voos direto ou com conexão em alguma capital da Europa do Brasil até o Aeroporto de Malpensa em Milão. O Aeroporto de Malpensa recebe voos internacionais de diversas capitais e está a 50 quilômetros de distância do centro. Do aeroporto ao centro de Milão é possível chegar de trem, Malpensa Express, de táxi ou até de ônibus. Outra opção de chegada é através do aeroporto de Linate que fica a 7 quilômetros do centro.

Se estiver vindo a Milão de trem normalmente desce na Stazione Centrale. Há ainda outras duas, a Stazione Nord, que opera o norte do país, e a Stazione Porta Garibaldi, que opera as linhas regionais. Outra opção para quem está vindo das principais cidades italianas seria o ônibus. Clique aqui para obter maiores informações

Quando ir

A melhor época para visitar Milão é sempre na primavera, entre os meses de março a maio, ou no outono, entre os meses de setembro a outubro. O inverno é frio e com temperaturas muito baixas impedindo o turista de aproveitar tudo que a cidade tem a oferecer. O verão é alta temporada. Entre os meses de junho e agosto. A cidade fica cheia de turista e os preços de hospedagem e serviços bem mais altos.

Onde ficar

Não falta opções para se hospedar em Milão. Você vai encontrar desde hotéis luxuosos a grande redes com padrão internacional até bed and breakfast. Lembre-se que os valores também vão variar de acordo com a data que você escolher viajar. No verão, tudo fica mais caro.

A bairro de Brera é onde estão os hotéis mais luxuosos e requintados da cidade. A região é bem localizada e próximo a várias pontos turísticos da cidade. Se a intenção é gastar menos, prefira os estabelecimentos próximos a avenida Corso Buenos Aires e a estação Central de Milão. Se estiver procurando por agitado prefira os bairros de Navigli e Corso Sempione.

O que comer

Milão tem uma gastronomia bem diferente da tradicional italiana que conhecemos. Há vários pratos típicos da região que estão presentes na maioria dos restaurantes. Os símbolos gastronômicos milaneses são o ossobuco, bollito misto, (polenta de milho e castanha), risoto tipicamente feito com arroz do Vale Ticino e os queijos Grana Padano, mascarpone, taleggio e, o mais conhecido de todos, o gorgonzola.

O que fazer

Piazza Duomo e Catedral Duomo

A Piazza Duomo deve ser o primeiro lugar a conhecer em Milão. Isso porque é nela que acontece os principais acontecimentos da cidade, desde manifestações a eventos. É uma das principais praças da Itália e onde está localizada a Catedral de Milão, terceira maior igreja do mundo. O seu tamanho é realmente impressionante. Há vários bares, restaurante, lojas e vendedores ambulantes em torno do Monumento Equestre de Vittorio Emanuele II. Lembre-se que os vendedores (ilegais) vão tentar falar com você, é preciso tomar cuidado. Outra dica é não alimentar os pombos, isso é considerado crime por lá.

Passeio pela Galeria Vittorio Emanuele II

Um lindo atrativo para se conhecer em Milão. A Galeria Vittorio Emanuele foi construída em apenas dois anos, unindo a Praça Duomo a Praça Scala. Na verdade a galeria fica em frente a Praça Duomo, então é possível conhecer esses dois pontos de uma só vez. Em sua construção foram utilizados 543 toneladas de ferro só na claraboia e 7,8 milhões de metro quadrados de placas de vidro. Esse lugar luxuoso é cheio de lojas e restaurantes. Perfeito para um passeio no fim de tarde.

Igreja Santa Maria delle Grazie

A visita a Igreja Santa Maria delle Grazie é um passeio imperdível em Milão. Isso porque é lá que se encontra a obra prima da Última Ceia de Leonardo da Vinci, patrimônio mundial da UNESCO. Além disso a igreja é enorme, linda e cheia de pinturas e detalhes. Garanta seu ingresso com antecedência pois os bilhetes são muito concorridos.

Castelo Sforzesco e Parque Sempione

O Castelo Sforzesco é um dos monumentos mais importantes de Milão. Ao longo do tempo, já foi construído, demolido, reconstruído, restaurado funcionando como casa, fortaleza até finalmente se tornar símbolo dos momentos históricos tristes e felizes da cidade. É um enorme castelo com construções antigas e muito verde. Sem falar na bela vista.

Atrás do castelo está o Parque Sempione. No passado era o jardim do Castelo Sforzesco. Ao longo do tempo foi reformado e hoje é um dos lugares preferidos dos milaneses para relaxar e descansar. Aproveite para curtir tudo que o parque tem a oferecer. Vá ao Prédio Triennale e suba na Torre Branca, com uma vista incrível. Sem falar que o parque possui Wi-Fi gratuito.

Parque Giardini Pubblici di Porta Venezia

Foi o primeiro parque público de Milão. Possui uma área para crianças brincarem, um parque de diversão, o Museu da História Natural e até um Planetário. É o parque mais visitado pelos moradores de Milão porém pouco conhecido dos turistas. Foi utilizado como porta de entrada da família real da Áustria.

Estádio San Siro

Para quem gosta de futebol, a visita ao estádio San Siro é incrível. Milão também é a capital do futebol na Itália e os dois principais times do país dividem este estádio. Inter de Milão e Milan possuem um museu dentro do estádio dedicado a história dos dois times. Durante o passeio é oferecido uma visita guiada pelo estádio. Se você tiver a sorte de pegar uma partida de futebol, será uma experiência incrível.

Panzerotti no Luini

Comer um panserotti no Luini é um dos passeios que todos os turistas costumam fazer. É a comida de rua mais famosa da cidade. Tudo começou quando a família Luini resolveu abrir uma padaria. Depois de uma tempo a proprietária resolveu fritar os salgados típicos da região. O panserotti parece uma salgado recheado. As filas são sempre longas mas costumam ir rápido.

Compras no quadrilátero da moda

Milão é sempre dúvida a capital da moda na Itália. Para quem gosta de fazer compras, as principais marcas do mundo estão concentradas nas ruas Via Monte Napoleone, Via Alessandro Manzoni, Via della Spiga e Via Corso Venezia formando o quadrilátero da moda. Mesmo que você não esteja pensando em fazer compras, vale a pena conhecer a região.

Lojas de departamento La Rinascente

Uma loja de departamento imperdível em Milão. Localizada no centro da cidade, ao lado da praça Duomo, são sete andares que vendem desde acessórios, roupas, terno,, maquiagem, sapato até móveis. Um lugar onde você vai passar horas descobrindo os mais variáveis produtos. Há um restaurante e food Market onde você pode almoçar.

Dicas

  • Não é obrigatório tomar nenhuma vacina para entrar na Itália.
  • Brasileiros não precisam de visto para turismo até 90 dias, apenas passaporte válido.
  • Reserve pelo menos três dias para você conhecer tudo que Milão tem a oferecer.
  • Ter uma mapa em mãos vai te ajudar muito a se locomover pela cidade e a encontrar os principais pontos turísticos.
  • Fique atento ao passar pela Praça da Catedral e na Estação Central de Milano. Há ponto de informações turísticas nesses dois lugares.
  • Evite pegar o metro de Milão nos horários de pico. Os vagões ficam insuportavelmente cheios, principalmente no fim da tarde.
  • Se você estiver indo viajar e pretende gastar pouco, opte pelas lanchonetes da cidade que oferecem a tradicional pizza ou panzerotti. Lembre-se também que alguns bares da cidades oferecem o sistema aperitivo, você paga apenas pela bebida.
  • Se quiser ver de perto a obra Última Ceia, de Leonardo da Vinci, garanta seu ingresso com pelo menos um mês de antecedência.
  • Um dica bacana para quem estiver indo a Milão e quiser garantir seu ingresso nas atrações acima (O que Fazer em Milão) é só clicar aqui
  • O visitante que estiver interessado em comprar ingressos para shows e jogos é clicar aqui.

Crédito das fotos: divulgação

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here