Nápoles

A cidade de Nápoles consegue resumir muito bem as principais características do sul da Itália. Uma combinação perfeita entre belezas naturais, calor humano, agitação e os perigos de um grande centro urbano. É a terceira maior cidade da Itália. Impossível não se apaixonar por esse destinos ao caminhar pelas vielas embaixo das roupas penduradas nos infinitos varais.

Dicas de viagem – Florença

Dicas de viagem – Veneza

Dicas de viagem – Roma

Dicas de viagem – Milão

Dicas de viagem – Bolonha

Se no passado, Nápoles ganhou fama pela criminalidade e dificuldades com o lixo, hoje em dia esses problemas não são fáceis de se identificar. Esse destinou se tornou caótico, vibrante e muito mais interessante. Intitulado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO por suas belezas naturais, históricas e seus passeios.

Como chegar a Nápoles

Não há voos direto do Brasil para Nápoles. É preciso fazer uma conexão nas principais cidades europeias. O aeroporto de Capodichino fica a 7 quilômetros do centro da cidade. Se optar por trem, a principal estação é Napoli Centrale. Os trens da companhia Circumvesuviana ligam Nápoles as cidades de Sorrento, Herculano e Pompeia. Esse trajeto também é feito de ônibus com a empresa Sita que te deixa na Piazza Garibaldi. Na Stazione Maritttima há ferries chegando das ilhas próximas, como Capri, e também Sicília e Sardenha.

Quando ir

A melhor época para visitar Nápoles é na primavera, entre os meses de março a junho. Ou no outono, entre os meses setembro a novembro. No verão, considerado alta temporada, a cidade fica cheia de gente. A temperatura sobe e o preço dos serviços e hospedagem bem mais caros. No inverno a temperatura cai e o turista não consegue aproveitar tudo que a cidade tem a oferecer.

Como circular

A melhor maneira de conhecer Nápoles é caminhando. As principais atrações da cidade ficam no centro histórico.

O que fazer

Caminhar pelo centro

Caminhe pelo centro histórico de Nápoles. Observe as pessoas, os costumes locais, os varais cheios de roupa, prédios históricos e deixe se perder pelas encantadoras ruelas da cidade. As principais ruas são Spaccanapoli ou via Benedetto Croce e a Via dei Tribunali. Lá você encontra as principais pizzarias da cidade, lojas, souvenirs, cafés e bares.

Capela de San Severo

É um dos museus mais antigos importantes da cidade. Localizada ao lado do palácio da família real. Era usada para que a família pudesse realizar cultos secretos. Uma das principais atrações é o Cristo Velado, a imagem de cristo feito em mármore e coberto com um tecido.

Museu Arqueológico Nacional

Para quem gosta de arte antiga, o Museu Arqueológico Nacional é um dos melhores do mundo. Aliás é um dos principais motivos de turistas visitarem a cidade. O museu possui um acervo de objetos arqueológicos incrível. Clique aqui para maiores informações.

Galeria Umberto I

A galeria é muito parecida com a Vittorio Emanuele II de Milão. É um lugar para você entrar e admirar. Há várias lojas mas deixe isso para depois. Vá direto à Sfogliatella Mary provar o tradicional doce napolitano sfogliatella. Uma massa folhada recheada com creme feito de ricota, açúcar, ovo, baunilha e frutas cristalizadas.

Teatro di San Carlo

O Teatro di San Carlo é uma das salas de ópera mais antigas e mais bonitas do mundo. Está localizado em frente a galeria Umberto I. É um lugar exuberante. Vale a pena pagar pelo tour que não economiza dos detalhes e da história.

Estação de metro – Le Stazioni dell’Arte

Uma das coisas que mais chama a atenção em Nápoles são as estações de metro que possuem obras de arte por todos os lados. A mais bonita é a Toledo porém há várias obras espalhadas na estações Vanvitelli, Materdei, Quattro Giornate, Salvator Rosa, Cavour, Dante, Municipio e Università.

Nápoles subterrânea

Uma prova de que Nápoles é uma cidade incrível é que ela é fascinante não só em terra mas embaixo do chão. Há mais de 600 mil metros quadrados de túneis, aquedutos e catacumbas que datam do século 8 a.C. De vez em quando arqueólogos encontram mais túneis, objetos e lugares que eram usados como refúgio durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial. Esse passeio mostra uma mundo totalmente paralelo.

Duomo – Cattedrale di Santa Maria Assunta

Essa catedral não possui uma fachada imponente como em outras cidades da Itália mas mesmo assim vale a visita. A Catedral de Nápoles guarda o batistério mais antigo do ocidente e é dedicada a San Gennaro.

Castel Nuovo

Localizada a beira mar, o castelo foi fortaleza e residência da família real italiana. Atualmente funciona como museu.

Mercato de Porta Nolana

Um mercado incrível onde é possível encontrar de tudo um pouco. Desde DVDs e bolsas falsificadas Prada até frutas, legumes e ingredientes típicos. Aqui você vai dar de cara com o verdadeiro napolitano.

Piazza del Plebiscito

A Piazza del Plebiscito é símbolo da cidade e foi construída em homenagem a unificação do Reino das duas Sicílias. Os destaques são a Basilica di San Francesco di Paola, bem parecida ao Panteão porém foi fundada em 1816, o palácio real e a biblioteca real.

Passeios bate e volta

Pompeia

Esse é um passeio imperdível e um dos grandes motivos pelos quais os turistas colocam Nápoles em suas listas. Dá para fazer uma passeio bate e volta saindo de Roma porém fica muito cansativo. O sítio arqueológico de Pompeia possui várias atrações e o visitante passa o dia inteiro andando. Saindo de Nápoles, pegue o trem urbano da linha Circumvesuviana na Estação Central de Nápoles e desça na estação Pompei Scavi.

Herculano

A cidade de Herculano é menos famosa que Pompeia porém não menos interessante. Foi devastada pelo vulcão Vesúvio e atualmente possui um sítio arqueológico que guarda joias raras de escavação dos arqueólogos. para chegar até aqui basta pegar o trem Circumvesuviana na Estação Central de Nápoles e descer na estação Ercolano Scavi.

Capri

A ilha de Capri é muito famosa por suas belezas naturais e por suas águas azuis. Porém não é um destino barato. Para chegar até esse paraíso basta pegar o ferryboat no porto Molo Beverello. O trajeto dura cerca de 50 minutos.

Dicas

  • A dica é tirar pelo menos um dia inteiro em Nápoles. Da para ir e voltar de Roma no mesmo dia. O trajeto de trem dura cerca de uma hora e você só precisa programar sua viagem.
  • Se decidir fazer os passeios bate e volta, vai precisar de pelo menos 2 dias na cidade.
  • Tenha cuidado com câmeras e telefones na rua. Apesar da máfia ser um dos motivos pelo qual Nápoles ganhou fama, esse problema já não existe mais. Porém ainda assim é um destinos com os perigos de uma cidade grande.
  • Procure caminhar pelo centro, pela parte histórica da cidade e pela região do porto onde há mais movimento.
  • Não se esqueça que na Itália existe taxa de serviço nos estabelecimentos comerciais. Isso quer dizer que você paga para sentar, para conversar com o garçom, para ir ao banheiro…

Crédito das fotos: divulgação

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here