Mergulho com peixes

A cidade de Bonito está localizada no sudoeste do Mato Grosso do Sul, a 300 quilômetros de Campo Grande. Esse destino tem aproximadamente 20 mil habitantes e uma riqueza impressionante com diversos tipos de aves, mamíferos e répteis. Águas transparentes, cachoeiras, grutas, cavernas, fauna e flora indescritível.

Bonito está em uma região conhecida como Serra da Bodoquena. Com mais de 40 atrativos de Ecoturismo, a município recebeu em 2013 o prêmio de melhor destino de turismo sustentável. Para os amantes de turismo de aventura, não faltam alternativas. Cavalgada, ciclismo, trilhas, arvorismo até pranchas e caiaques são algumas opções.

Os visitantes podem apreciar um pouco mais da cultura local através das lojinhas de artesanato. Conhecer sobre os diversos tipos de peixes visitando o aquário e ainda aproveitar para fazer uma degustação nos bares e restaurantes.

Como chegar a Bonito

As melhores opções são de avião através da empresa Azul que sai de Campinas direto ao aeroporto de Bonito. Você também pode ir até o aeroporto de Campo Grande que recebe voos de diversas companhias.

De carro saindo de Campo Grande pela BR-060 ou partindo de Dourados pela MS-382 e MS-270. De ônibus as empresas Gontijo, Andorinhas ou Motta partem de diversas capitais do Brasil. A empresa Cruzeiros do Sul faz a linha Campo Grande – Bonito. Você pode optar também pelo serviço de van. As empresas Terra e Vanzella partem diariamente do aeroporto direto para Bonito.

Quando ir

Você pode visitar a cidade em qualquer época do ano. Por ser um destino de turismo de aventura e ecoturismo, Bonito é uma cidade que depende muito do clima. Fatores externos como chuva e frio podem atrapalhar o seu passeio. Os meses de dezembro a março são melhores e mais procurados. Esses meses correspondem ao período de chuva quando a fauna e flora estão verdes e ricos em alimentos. Os meses de maio e agosto são períodos de seca e queimada. Nessa época os animais tendem a procurar por regiões onde tem alimentos e nem sempre são fáceis de serem avistados. É importante lembrar que feriados, final de ano e férias escolares é considerado alta temporada.

O que fazer

Bonito tem tantas opções de lazer que você vai precisar se planejar com antecedência. Reserve pelo menos cinco dias para conhecer a cidade e desfrutar dos diversos tipos de turismo que tem a disposição. Não deixe de fazer um passeio de bike pela cidade. Existem trilhas dos mais diversos tipos de mountain bike. Você ainda pode curtir passeio de quadriciclo, mergulho, arvorismo, boia cross e rapel.

Outras atrações da cidade são os balneários. Para começar conheça o Balneário Ilha Bonita, Municipal, Balneário do Sol, do Padre, Lagoa da Capela e Praia da Figueira. As cachoeiras Boca da Onça, Rio do Peixe, Estância Mimosa e Parque das Cachoeiras. Contemple o Buraco das Araras, Projeto Jiboia, Fábrica dos Encantos e Trilha Ecológica Nascente Azul. Vá ao Aquário Natural Baía Bonita, Bonito Aventura, Lagoa Misteriosa, Recanto Ecológico Rio da Prata e o Rio Suruci. As Grutas Lagoa Azul e São Miguel são de tirar o fôlego. O Abismo Anhumas é o cartão postal da cidade. Depois de tudo isso, aproveite para conhecer o artesanato da cidade.

Onde comer

Não falta opções de bons lugares para comer em Bonito. A cada esquina, você irá encontrar uma variedade de opções, mas mantenha em mente que o peixe dourado é o destaque do cardápio. Outra opção em destaque é a carne de jacaré, ecologicamente correto, pois esses animais são criados em cativeiros.

 

Curiosidade

  1. Bonito tinha tudo para ser um cidade tranquila do interior senão fosse por um peão de fazenda. Em meados dos anos 70 ele descobriu um buraco com 72 metros de profundidade que ficou conhecido como abismo Anhumas. Aos poucos o abismo, as águas cristalinas, a variedade de peixe, a gruta da Lagoa Azul e as cachoeiras foram ganhando fama e infraestrutura turística.
  2. Só em 2014, segunda a administração do município, Bonito recebeu 477 mil visitantes. A cidade vem investindo anualmente em diversificação de atividades para atrair cada vez mais turistas. Bonito dispõe de 5700 leitos e tem um aumento anual de 4% e 5% no número de visitantes.

Dicas

  • Uma dica importante para quem for visitar a cidade é se planejar com antecedência. Procure períodos de baixa temporada quando os preços podem variar até 25% dos produtos e serviços.
  • Não deixe de levar protetor solar, chapéu, óculos escuro e repelente. Eles serão seus melhores amigos nessa viagem.
  • Os preços do passeio de rapel e mergulho autônomo são mais altos.
  • As reservas devem ser feitas sempre em uma agência de turismo local que irá contratar um guia e emitir uma autorização para realização do passeio.
  • O calçado ideal para conhecer Bonito é tênis.
  • As estradas em Bonito são de terra, mas você pode alugar carros e vans. Lembre-se que as condições atmosféricas podem te impedir de realizar alguns passeios.
  • Além de muita disposição, você vai precisar de boné ou chapéu, mochila, camiseta, short, roupa de banho, protetor solar, repelente, maquina fotográfica, filmadora, agasalho de inverno, capa de chuva e moletom.
  • Os passeios aos atrativos turísticos devem ser comprados através de voucher que são adquiridos em agências de viagens. São eles que garantem o limite de visitações. Como mencionamos anteriormente, os valores variam muito durante alta e baixa temporada.

Crédito das fotos: divulgação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here