Paris

Pode acreditar, tudo que você já ouviu falar sobre Paris é verdade. Aliás esse lugar é um dos poucos que marcam a vida do viajante. A capital da França possui aproximadamente 2,3 milhões de pessoas. Apesar da cidade não ter sido presenteada com uma beleza natural exuberante, o seu conjunto arquitetônico deslumbrante, o charme das ruas, avenidas e os belíssimos monumentos construídos pelo homem são uma prova do quão maravilhosa essa cidade é. Seja de carro, a pé, de metro ou de bicicleta, não faltam opções para você conhecer.

Leia mais sobre outros destinos de viagem

O Rio Sena divide a cidade em duas partes. Margem esquerda e margem direita que é considerada a mais sofisticada. Apesar do metro ser um dos mais eficientes do mundo, Paris incentiva sua população a caminhar. Esse pode ser uma excelente passeio. Caminhando por Paris o turistas descobre atrativos em cada esquina. É impossível não se render aos encantos da cidade. Vibrante, charmosa, romântica, divertida e berço da cultura e da arte. Esse destino é também conhecido como Cidade Luz. Uma vez lá, as paisagens são de tirar o fôlego.

Como chegar em Paris

Há voos direto das principais capitais brasileiras em direção a Paris. As empresas Air France, KLM e a TAM operam voos direto. Para quem já estiver na Europa podem aproveitar as ofertas das companhias low cost como EasyJet e Ryanair. Os voos normalmente posam no aeroporto internacional Charles de Gaulle que fica a 20 quilômetros de cidade. Do aeroporto Charles de Gaulle ao centro da cidade as melhores opções são os caros táxis, trem ou serviços de traslado agendados diretamente com o hotel. Voos fretados ou nacionais posam no aeroporto Orly. Há ônibus que partem a todo instante para o centro.

Outra alternativa para quem já estiver na Europa é o trem. Há várias estações espalhadas pela cidade. A maior e principal é Gare du Nord e está localizada na região central. No site Rail Europel é possível obter mais informações. O turista também pode optar por alugar um carro mas saiba que Paris é uma cidade com trânsito cheio. Percorrer a cidade de carro pode não ser uma boa opção.

Quando ir

Paris é uma cidade que encanta em qualquer época do ano. A melhor época vai depender dos seus objetivos. No verão, entre os meses de junho e agosto, a cidade fica abarrotada de gente. Esse período é considerado férias na Europa e a cidade atrai gente de todas as partes. Por ser alta temporada, os serviços de hospedagem ficam bem mais caros. No inverno, entre os meses de dezembro a fevereiro, a cidade fica bem mais bonita e iluminada. Apesar de todo esse charme de inverno, os dias ficam mais curtos e as temperaturas bem baixas. O ideal é vir a Paris na primavera, entre março e maio. No outono, entre setembro e novembro. O clima fica mais ameno, a cidade mais vazia e os preços mais baixos.

Como circular

Paris possui uma vasta rede de transporte público. Ligando trens, metros e ônibus por toda a cidade. Os cartões de dez tíquetes são uma boa opção para quem está no centro e fará poucas viagens. O cartão Paris Visite é útil por um curto período e viagens ilimitadas. Sem falar que ainda oferece desconto em algumas atrações. Para maiores informações RATP

Onde ficar

Paris é uma cidade com todos os tipos de hospedagem, para todos os bolsos e gostos. Ao norte do Rio Sena estão as grandes redes hoteleiras, restaurantes estrelados e serviços impecáveis. Ao sul estão os hotéis boutique super charmosos e aconchegantes. As regiões de Les Halles e do Marais foram muito degradas no passado mas atualmente são bem servidas pelo comércio local e estão próximas a muitas atrações. Já o entorno da Ópera, do Palais Chaillot (Trocadero) e Louvre são muito turistas e práticas para quem quiser fazer tudo andando.

O que fazer

Paris é sempre uma boa ideia. Sendo um viajante frequente ou visitando pela primeira vez, a cidade luz é capaz de surpreender sempre. Cheia de opções para todas as idades e gostos, rica em história, cultura, bairros vibrantes, carões postais, bons restaurantes e centros para a compra.

Bairros imperdíveis

Le Marais – esse bairro é também conhecido como território dos artistas. Está repleto de bares, restaurantes, museus e galerias de arte. As ruas mais agitadas são Rue des Rosiers e a Rue des Ecouffes.

Montmartre – uma bairro excelente para caminhadas ou se preferir, sentar em um café e observar o vai e vem das pessoas. Um pouco mais afastado mas com atrações incríveis. Abriga a basílica de Sacre Coeur e o Moulin Rouge, região de bares e casas noturnas, além da famosa Praça da Concórdia e da Ópera Garnier. Aos domingos rola uma feirinha de arte.

Quartier Latin – é o bairro onde se encontra a Universidade Paris-Sorbonne. Recebeu esse nome por ser o idioma falado das maioria dos estudantes. Também é uma bairro muito gostoso para caminhadas e possui várias opções de cinema, bares e restaurantes. É um lugar muito gostoso e como o nome já diz, cheio de restaurantes e comércio latino

Museu do Louvre

É um dos museus mais famosos do mundo. São mais de 30 mil obras dentre esculturas, pintura e objetos diversos. Abriga obras de arte importantíssimas para o mundo como Mona Lisa de Leonardo da Vinci, além de esculturas como a Venus de Milo e Os Escravos, de Michelangelo.

Museu D’Orsay

Outro museu imperdível na capital francesa. Instalado em uma antiga estação de trem, o lugar abriga uma coleção de obras de arte importantíssimas como o Autorretrato, de Van Gogh; as Coquelicots, de Claude Monet; L’homme qui marche, de Auguste Rodin.

Museu do Exército

Para os fãs de Napoleão e todos aqueles que adoram assuntos de guerra, essa é uma parada obrigatória. Vários objetos como artilharia, uniforme e até obras de arte estão reunidos nesse museus.

Museu Rodin

Inaugurado em 1919, esse museu possui a maior coleção do escultor francês Auguste Rodin. O museu abriga obras de arte como O Beijo e A Mão de Deus.

Torre Eiffel

Esse monumento dispensa apresentações. Criado pelo engenheiro Gustave Eiffel em 1889, a torre possui 300 metros de altura e 7,3 mil toneladas de ferro. É o maior símbolo de Paris e um dos pontos turísticos mais famosos do mundo, recebendo milhões de visitantes por ano. possui um amplo jardim onde as pessoas vão para ler, relaxar, tirar fotos ou até curtir o clima da cidade.

Arco do Triunfo

Esse monumento está bem próximo a Avenida Champs-Elysées. O Arco do Triunfo possui 50 metros de altura. Na sua base há vários esculturas junto a seus pilares, nas paredes os nomes das batalhas, generais de guerra e o Túmulo do Soldado Desconhecido. O monumento foi construído em 1806 para comemoração das vitórias de Napoleão.

Avenida Champs-Elysées

A avenida mais bela do mundo é um dos endereços mais movimentados e mais caros de Paris. São 1910 metros de comprimento de diversas lojas, cinema, cafés, bares e restaurantes. Para quem curte andar, um dos passeios mais divertidos é caminhar do Arco do Triunfo até a Praça da Concórdia via Champs-Elysées.

Jardim das Tulherias

O Jardim das Tulherias fica entre a Praça da Concórdia e o Museu do Louvre. O lugar é repleto de verde, fontes e esculturas. Lá encontra-se também o Musée de l’Orangerie, um dos mais importantes museus de Paris.

Catedral de Notre Dame

A Catedral de Notre Dame foi palco de vários eventos históricos, entre eles o coroação do imperador Napoleão Bonaparte. Construída em estilo gótico, a catedral possui mais de 700 anos. Recebe cerca de 10 milhões de visitantes todos os anos. Sua arquitetura impressiona todos os viajantes, tanto por dentro como por fora. É uma das mais famosas do mundo.

Sainte-Chapelle

São duas capelas que foram construídas entre os anos 1246 e 1248 para receber a coroa de espinhos de Jesus. Na capela superior o visitante encontrará os famosos vitrais que contam a história da bíblia.

Torre Montparnasse

A Torre Montparnasse possui 210 metros de altura e uma visão 360º da capital francesa. Do alto da torre é possui ver os principais pontos turísticos da cidade. Em dias ensolarados é possui ver até 40 quilômetros a frente.

Jardim de Luxemburgo

Não faltam opções de parques na cidade. Paris é repleto deles para passeio, andar, relaxar e até fazer piquenique. Localizado ao lado do Museu do Louvre, o Jardim de Luxemburgo abriga o Palácio de Luxemburgo. Um dos parques mais bonitos da capital francesa.

Père Lachaise

O cemitério é morada de muitas personalidades importantes, entre elas o espírita Allan Kardec, o escritor e poeta Oscar Wilde, a cantora francesa Edith Piaf, o líder da banda The Doors, Jim Morrison, entre outros. O local possui várias árvores, esculturas e sepulturas. Todos os anos recebe uma quantidade absurda de turistas.

Sacré Coeur

A igreja de Sacré Coeur começou a ser erguida em 1876. É uma construção belíssima, tanto por dentro como por fora e extremamente importante para a cidade. São 234 degraus até a cúpula da basílica. Sem falar que possui umas das vistas mais belas da cidade.

Passeios

O tour de bicicleta é uma das melhores maneiras de conhecer Paris. A cidade oferece ciclovias e é super bem sinalizadas. Há uma serviço disponível tanto para turistas como para a população local. O Vélib é uma sistema self-service que disponibiliza 20 mil bicicletas espalhadas pela cidade.

Tour de barco pelo Rio Sena é outro passeio incrível para conhecer Paris de um jeito diferente. Durante o passeio ainda é possui ver alguns pontos turísticos de maneira privilegiada. A melhor época para fazer esse passeio é entre os meses de maio a setembro, quando as temperaturas estão mais amenas e o céu mais mais claro. Outra opção para quem busca romantismo são os cruzeiros que oferecem almoço ou jantar.

Palácio de Versalhes

Uma das mais belas construções francesas do século 18. Foi morada de três reis até a Revolução francesa. O luxuoso palácio fica no subúrbio de Paris e possui 51 mil metros quadrados, 2.153 janelas, 700 quartos e mais ou menos 2 mil acres só de jardins.

Dicas

  • A língua oficial é o francês mas o inglês é bem difundido pela cidade.
  • Brasileiros não precisam de visto para permanência até 90 dias.
  • Apesar da fama de mal humorado e grosseiros, o povo francês pode te surpreender com sua hospitalidade.
  • O ideal é que o viajante reserve pelo menos quatro dias de estadia na cidade para aprosveitar todas as atrações, pontos, museus e passeios.
  • Comprando o Paris Museum Card, o cartão cobre a entrada a alguns museus e monumentos de Paris.
  • Um dica super bacana para o turista não perder tempo na fila é comprar o ingresso com antecedência na internet. O Site de Ingressos na Europa vende ingressos para as principais atrações e passeios.
  • Para mais informações sobre como funciona o Vélib, acesse o site
  • Se você decidir ir a Paris no verão, lembre-se que a cidade estará cheia. É preciso chegar cedo nas principais atrações ou adquirir ingressos com antecedência. Se quiser experimentar a culinária francesa, alguns estabelecimentos é preciso reserva.
  • A capital francesa é bem segura porém golpes e pequenos furtos são cada vez mais frequentes. Fique atento em locais de grande movimento.
  • Não há regras muitos claras sobre gorjeta. Alguns estabelecimento já cobram uma taxa ao final da conta. É de bom tom deixar de 1 a 3 euros de gorjeta em estabelecimento informais e até 5% em lugares mais refinados.
  • Vale a pena lembrar que o visitante não precisa ficar no centro da cidade. Basta estar próximo a uma estação de metro para ter acesso aos principais pontos de interesse.

Crédito das fotos: divulgação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here