Roma

Capital da Itália com aproximadamente 2,8 milhões de habitantes. É uma verdadeiro parque de diversão para os amantes de história e arquitetura. Cenário perfeito para apreciadores de arte e cultura. Uma cidade eletrizante que mistura o que há de melhor em modernidade, fashionista e boêmios. Sem falar no trânsito caótico. São 2700 anos de história e ainda assim Roma ainda é capaz de surpreender. O visitante sempre vai embora com o gostinho de quero mais. O lado bom da cidade é que a maioria das atrações concentram-se em uma área onde dá para fazer tudo a pé. Além dos principais pontos, o visitante precisa ser capaz de saborear um café, comer uma bela macarronada e tomar uma boa cerveja.

Dicas de viagem – Milão

Dicas de viagem – Florença

Dicas de viagem – Veneza

Dicas de viagem – Nápoles

Como chegar em Roma

A principal porta de entrada de Roma é o Aeroporto Leonardo da Vinci (Fiumicino), onde chega a maioria dos voos internacionais. Voos feitos por companhias low-cost pousam no Aeroporto Ciampino. Saindo do aeroporto Fiumicino, a maneira mais rápida de ir até o centro da cidade é de trem. O trajeto até Stazione Termini dura em torno de meia hora e custa em média €14. De táxi o preço é em média €40. Há voos direto do Brasil para Roma com a companhia Alitalia. Porém empresas como Air France, KLM, TAP, Iberia, Lufthansa e British Airways também operam o trajeto com pelo menos uma conexão.

Seja de trem ou de ônibus, Roma é conectada com as principais cidades italianas. Através do site Tremitalia o viajante consegue comprar ticket de trem de diversas empresas com preços que variam conforme velocidade e conforto. As empresas Intercity e Eurostar são as mais rápidas. Caso queria circular por várias cidades, vale a pena comprar o Itay Rail Pass da Eurailpass. A estação ferroviária de Termini é a principal de Roma. De lá saem diversos trajeto rumo ao norte e ao sul da Itália.

Como circular

Roma não é uma bom lugar para se dirigir. Lá o trânsito é caótico e as ruas são muito estreitas. Aproveite que a maioria das atrações estão dentro da mesma área e opte por fazer tudo a pé. Essa a melhor maneira para explorar a cidade e descobrir cafés, restaurantes e bares em cada esquina.

Se precisar cobrir distâncias maiores, prefira os ônibus. O metro não possui um bom serviço e não cobre toda a cidade, são apenas duas linhas. Há quatro tipos de bilhetes para os turistas que utilizarem o metro. Biglietto (bilhete simples, €1.50, válido por 100 minutos, incluindo baldeações); Biglietto Giornaliero (€6, válido por um dia, até a meia-noite); Biglietto Turistico (€16.50, válido por três dias); e Carta Integrata Settimanale (€24, válido por uma semana). Para maiores informações clique aqui.

É preferível utilizar os táxis somente em casos específicos, como uma balada a noite ou algo com rapidez. Eles são um meio de transporte prático porém caro. Sem falar que os taxistas costumam tirar proveito dos turistas mal informados (como na maioria dos lugares turísticos).

Onde ficar

Para quem visita Roma pela primeira vez, o ideal é se hospedarem dentro ou o mais próximo do centro histórico. As áreas próximas ao Monumento a Vitor Emanuel II e o Panteão são excelente. Trastevere é um bairro mais boêmio, cheio de bares, restaurantes e baladas. As redondezas do Vaticano costumam ser repletas de turistas e com alguns bons hotéis. Aventino é uma região bem turística porém sem muitas opções de acomodações. O Centro Novo é um dos locais mais disputados pelos turistas. Possui excelente opções de hotéis, restaurantes, baladas e compras. Evite apenas os arredores da estação ferroviária de Termini. Um local mal frequentado e com bastante histórico de furtos a turistas.

Quando ir

O verão, entre os meses de julho a setembro, são o período de alta temporada. A cidade está abarrotada de turistas, longas filas na maioria das atrações, serviços e hospedagem bem mais caros. As temperaturas ficam em torno de 32°C. A melhor época para ir a Roma é na primavera, entre os meses de março a maio. Ou no outono entre os meses de setembro a novembro. As temperaturas são mais agradáveis e os serviços mais baratos.

O que fazer

Roma é um verdadeiro museu a céu aberto. Um lugar incrível tanto na gastronomia, passeios ao ar livre, história, compras e muito mais. Para aproveitar tudo que a cidade tem a oferecer e sem correria, o ideal é ficar pelo menos 4 dias (contado 1 dia para o Vaticano). Como a maioria das atrações ficam próximas uma das outras, é possível fazer tudo caminhando.

Coliseu de Roma

Comece seu passeio por um dos pontos históricos mais visitados do mundo. O Coliseu é símbolo da Itália e atrai cerca de 4 milhões de turistas todos os anos. Sua construção deu início em 72 d.c e foi palco de inúmeras batalhas entre gladiadores e com animais. A visita as ruínas do Coliseu é um passeio imperdível para todos os viajantes que visitam Roma.

Forúm Romano e Paladino

Aproveite para conhecer o Forúm Romano e Paladino no mesmo dia que for ao Coliseu. O ingresso do Coliseu da direito ao turista visitar esses dois outros pontos turísticos e todos eles ficam um ao lado do outro. O Monte Paladino conta muito da história da cidade, inclusive quando foi fundada. Sem falar que é uma das sete colinas de Roma.  O Forúm Romano é uma área aberta com construções da história de Roma. É também conhecido como berço do direito, e talvez mais interessante que o próprio Coliseu. Isso porque preserva construções antigas como Arco de Tito, a Basílica Giulia e o Templo de Saturno. Você vai precisar de um dia inteiro para conhecer todos os pontos.

Vittoriano e Piazza Venezia

Construído em homenagem ao rei Vittorio Emanuele II, é um dos maiores museus do mundo. Fica na Praça Veneza, a caminho do Coliseu. A entrada é gratuita.

Panteão

É um templo dedicado a todos os deuses romanos. Hoje em dia há diversas personalidades enterradas no local. Um lugar imperdível por sua beleza e magnitude. Sem falar que em frente há uma praça com excelentes restaurantes. Prefira visitar o Panteão durante o dia, pois a luz do sol faz toda a diferença na sua visita.

Praças de Roma

As praças são um dos lugares que mais você vai ver e são uma das melhores atrações em Roma. Na Itália é comum ter enormes praças com diversos restaurantes e cafés em volta. Não deixe de visitar a Piazza di Rotonda, Piazza di Spagna, Piazza Navona (uma das mais visitas em Roma), Fontana dei Quattro Fiumi.

Fontana di Trevi

Um dos pontos mais visitados em Roma e com a maior concentração de turistas por metro quadrado. Depois do filme IGOR, a Fontana di Trevi foi imortalizada e a tradicional cena de jogar moeda na fonte para retornar a cidade é seguida por todos os turistas que à visitam. Chegue bem cedo ou bem tarde para, quando há menos pessoas.

Vaticano

Tire um dia inteiro para visitar o Vaticano. Vá bem cedo e aproveite para visitar a Basílica São Pedro e tirar fotos na Praça São Pedro. A entrada é gratuita e não é permitido entrar com roupas muito ousadas. Saindo de lá, vá conhecer os Museus do Vaticano. Um complexo de museus que fica a 20 minutos andando, ao lado da Basílica de São Pedro. No caminho você vai encontrar diversas lojas de souvenirs. Pelas coleções com valor histórico inigualável, os museus do Vaticano estão entre os mais ricos do mundo. Garanta sei ingresso antecipadamente pois a fila é enorme. Os museus são pequenos porém interligados. Você ainda pode aproveitar para conhecer a Capela Sistina, a Galeria dos Candelabros, a Galeria dos Mapas, as Salas de Rafael, a Coleção de Arte Religiosa Moderna e Contemporânea e a Sala da Biga.

Museus de Roma

Para quem gosta, os museus são uma grande atração em Roma e estão na lista dos mais visitados da Europa. Aproveite para conhecer os museus Capitolinos, que são divididos em seis espaços. O Museu Nacional Romano é um dos mais famosos da Itália.

Compras

A Itália é sinônimo de grandes estilistas e marcas famosas. Roma é reduto de diversas marcas nacionais e internacionais. Se você é do tipo que gosta de comprar, aproveite para conhecer a rua Via del Babuino que é a rua mais glamorosa de Roma. Porém é na rua Via del Corso que você vai se esbaldar. Lojas para todos os bolsos e todos os públicos.

Dica

  • Uma dica super importante para quem vai a Roma é comprar o seu ingresso com bastante antecedência e chegar cedo aos locais. Assim você evita as filas gigantescas na bilheteria. Depois das onze da manhã todas as atrações ficam lotadas e o viajantes acaba perdendo muito tempo.
  • Roma é uma cidade pequena então aproveite para fazer tudo a pé. Você vai descobrir lugares incríveis, passar por construções históricas e aproveitar muito mais a cidade.
  • Os restaurantes italianos são uma atração a mais na lista do que fazer. São excelentes, bons preços, acolhedores e muito charmosos.
  • Garanta ingressos antecipadamente e com os melhores preços através Ticketbar

Crédito das fotos: divulgação

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here