Santiago - Roteiro para o Chile
Vista panorâmica da cidade de Santiago

Em primeiro lugar o Chile é um dos principais países que brasileiros visitam no exterior. Depois de Buenos Aires, Santiago é o destino mais buscado para quem procura conhecer um pouco mais do nosso continente sem gastar muito. Além disso o país possui uma geografia muito peculiar. Comprido mas não muito largo. Isso permite paisagens distintas e o clima que muda completamente de uma região para outra. Portanto podemos curtir a natureza, pegar uma praia e ainda brincar em uma estação de esqui. Como se não bastasse é preciso mais de uma viagem para curtir tudo que o Chile tem a oferecer. Por isso elaboramos um roteiro para o Chile para viajante nenhum botar defeito.

Leia mais sobre dicas de viagem no Chile 
Dicas de hospedagem no Chile

Por outro lado preparamos um roteiro para o Chile com viagem de 13 dias. Nosso roteiro foi elaborado para uma viagem no inverno (alta temporada). Contudo nosso objetivo era curtir o frio das montanhas e claro, esquiar. Confira a seguir nosso roteiro completo com sugestões de passeios, o que fazer e melhores destinos.


Roteiro para o Chile – 13 dias

2 dias em Vina Del Mar

1° dia – Primeiramente chegamos em Santiago pelo aeroporto Arturo Merino. Pegamos um táxi direto para a rodoviária Alameda (principal de Santiago) e seguimos para Vina Del Mar onde começa nossa viagem. Além disso como chegamos a noite na cidade, aproveitamos para fazer o check-in, conhecer o hotel e o casino. Por fim ainda deu tempo de escolher um bom restaurante para jantar.

2° dia – Por certo tiramos o dia para conhecer Vina del Mar e os principais pontos turísticos. Portanto nosso passeio começa pelo Reloj de Flores seguindo para Castillo Wulff (entrada gratuita e funciona de terça à domingo, das 10h às 13h30 e das 15h às 17h30), Museu de Arqueologia e História Francisco Fonk. Além disso caminhamos pela orla e fomos até a praia Caleta Abarca. Caso tenha tempo, aproveite para conhecer o Jardim Botânico e o parque Quinta Vergana. A praia Reñaca certamente vale a pena para curtir o pôr do sol mais bonito da cidade. Depois de tudo isso ainda deu tempo de curtir uma piscina e a sauna do hotel.

2 dias em Valparaíso

3° dia – Antes de mais nada pulamos da cama cedo, tomamos um belo café e aproveitamos para fazer o check out no hotel. Hoje vamos rumo a Valparaíso que fica a 10 quilômetros de Vina Del Mar. Além disso assim que chegamos na cidade, fizemos o check-in no hotel e deixamos as malas no quarto. Aliás uma hora foi o tempo de nos organizarmos para sair pelas ruas, escadas e ladeiras de Valparaíso. Portanto nosso roteiro incluiu visita ao mercado municipal, Plaza Simon Bolivar, Plaza Victoria, Catedral Valparaíso, Cerro Concepción, Cerro Alegre e Paseo Gervasoni. Ao final do dia, aproveitamos para conhecer os bares e restaurantes.

4° dia – Sem dúvida o elevador Ascensor Artilleria era uma das grandes atrações do dia. Ele dá acesso ao Paseo 21 de Mayo (principal mirante da cidade e com uma feirinha de artesanato). Ao lado está o Museu Naval e Marinho. Além disso se tiver disposição, desça o morro a pé e observe as casas coloridas de Valparaíso. Durante nossa caminhada aproveitamos para conhecer a Plaza Sotomayor, e Museu La Sebastiana. Por fim aproveitamos o fim de tarde para visitar o píer Muelle Baron, fazer compras e curtir os bares e restaurante da cidade.

5 dias em Santiago

5° dia – Antes de mais nada levantamos cedo, tomarmos nosso café da manhã e aproveitamos para fazer o check out. Como temos que voltar para Santiago, pegamos o ônibus na rodoviária de Valparaíso de volta a capital. Além disso como chegamos no meio da tarde, nosso roteiro incluiu o check-in no hotel em Santiago e um passeio pelo centro. Como se não bastasse aproveitamos para dar uma volta nos arredores do bairro e encontrar um restaurante bacana para jantar.

6° dia – Por outro lado hoje fomos conhecer o centro histórico da cidade. Deste modo visitamos Cerro Santa Lucia, Palácio de La Moneda, Plaza de Armas, Teatro Municipal, ex Congresso Nacional e Catedral Metropolitana. Além disso demos uma esticadinha até o Mercado Central de Santiago. Por fim aproveitamos o fim de tarde para visitar Patio Bellavista.

7° dia – Como se não bastasse tiramos o dia para visitar o Parque Metropolitano, Cerro San Cristóval e La Chascona que é a casa de Pablo Neruda. Em seguida fomos até o Costanera Center que é o maior centro comercial da América Latina e um mirante observatório 360 graus. Aproveitando que estamos no bairro de Providência, caminhamos pelas ruas, conhecemos o comércio, os bares e restaurantes locais.

Passeios de 1 dia

8° dia – Temos um passeio diferente em nosso roteiro hoje. Portanto levantamos bem cedo para tomar café da manhã e partimos rumo Cajon Del Maipo. Além disso é uma atração turística que fica a 100 quilômetros de Santiago e aos pés da Cordilheira dos Andes. Sendo assim retornamos do nosso passeio ao final do dia. A tempo de passear pelas ruas, conhecer um pouco mais de Santiago e escolher um restaurante para jantar.

9° dia –  Por outro lado hoje foi dia de conhecer um pouco mais sobre vinho. Fizemos um passeio incrível pela vinícola Santa Rita que está a 40 minutos de Santiago. Além disso o passeio é rápido e às 14h já estávamos de voltar a Santiago. Portanto aproveitamos para andar pelas ruas da cidade, voltar aos lugares que mais gostamos e fechar o dia no Patio Belavista.

4 dias em Farellones

10° dia – Primeiramente levantamos bem cedo, tomamos café e fomos em direção as montanhas nevadas de Farellones. Aliás vamos passar os próximos dias curtindo a neve e o friozinho das montanhas. Além disso como chegamos por volta de 14h no hotel, nosso quarto não estava disponível ainda. Por isso fomos conhecer a estação Farellones onde passamos o resto do dia.

11° dia – Passamos o dia na estação El Colorado. Fizemos aula de esqui e voltamos no final da tarde para o hotel. Além disso ficamos hospedados na Posada Farellones que oferece hospedagem com meia pensão. O hotel é um charme no meio das montanhas e com um atendimento maravilhoso.

12° dia – Do mesmo modo decidimos voltar em El Colorado. Isso porque é uma estação mais alta, com mais neve e com menos atrações para família. Portanto menos turistas. Além disso fizemos aula de snowboard e voltarmos no final da tarde para o hotel.

13° dia – Acordamos cedo, tomamos um belo café da manhã e voltamos para Santiago onde iremos pegamos nosso voo de volta para São Paulo.

Dicas importantes

  • Primeiramente não vale a pena comprar peso chileno. Se for ficar somente em Santiago, pode levar Real mesmo e troque o mínimo possível no aeroporto (a cotação lá é péssima).
  • Por outro lado se for viajar na alta temporada, talvez seja interessante levar dólar uma vez que a cotação do peso chileno cai muito.
  • Além disso é possível pagar a maioria dos táxis e van com cartão de crédito. Pesquise com antecedência. O ideal é usar os aplicativos como Uber ou Cabify uma vez que os taxistas aproveitam dos turistas e cobram preços muito acima da tabela. Nós preferimos caminhar e usar os aplicativos. Táxi somente em último caso.
  • Apesar da dica de cima, a melhor maneira de ir do aeroporto para o hotel é com táxi. Isso porque os táxis oficiais são tabelados, cobram entre US$ 30 e US$ 35 e aceitam cartão de crédito.
  • As empresas Transvip e Turbus tem serviço de transfer até Santiago. Vale a pena entrar no site e pesquisar.

Mais dicas

  • Como se não bastasse os ônibus de Valparaíso para Santiago partem da rodoviária da cidade. As empresas que fazem o trajeto são: Turbus e Condor. Os ônibus partem a cada 15 ou 30min e a viagem dura cerca de 1h30 a 2h. A passagem custa em torno de $3.000CLP.
  • Além disso há várias empresas que organizam tour completo para Cajon Del Maipo. A melhor opção é perguntar na recepção do seu hotel que indicará uma empresa especializada. Por certo depois de muito pesquisar, recomendamos a empresa Turismo Chile Tour. Fechamos os passeios a vinícola Santa Rita e Cajon Del Maipo com a empresa. Foi o melhor custo benefício que encontramos.
  • É melhor fazer cambio em dias de semana e no horário bancário. Fora desse horário a cotação é sempre mais baixa.
  • Se vocês decidirem ficar hospedados nas montanhas, lembre-se que aos finais de semana e feriados a rodovia fecha das 8h até as 14h somente para os carros subirem. Além disso das 15h as 20h somente para descer a montanha. Das 20h até 8h não há restrições. Durante a semana não há limitações. Programe-se para descer ou subir dentro dos horários ou nos dias sem reduções. Caso contrário você pode ficar preso no hotel.

Como chegar a Vinícola Conha y Toro

1- Pegue a linha 4 do metro (cor azul escuro) e ir em direção a estação Las Mercedes
2- Saia da estação e pegue a saída que diz “Concha y Toro Poniente”
3- Você pode escolher pegar um taxi ou ônibus que o levará até Pirque, a 10 passos da Vinícola (ônibus número 73, 80 ou 81)
4- O valor do táxi deve custar em torno de $4000 e o ônibus $650
5- O passeio dura em média de 1h a 1h30 dependendo do tipo de passeio que você comprou
6- É preciso comprar seus ingressos com antecedência para evitar que fique esgote.

Crédito das fotos: divulgação

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Solve : *
24 − 9 =