Roteiro pelo Peru
Cusco

Depois de muito planejar uma viagem pela América do Sul, finalmente elaboramos um roteiro pelo Peru com 15 dias de viagem nos principais destinos. Visitamos cinco cidades Lima, Cusco, Machu Picchu (Aguas Calientes), Puno e Arequipa. Sem contar os vilarejos do Vale Sagrado. Dessa vez optamos por uma viagem estilo mochilão. Baixo custo, hospedagem em hostel, muitos passeios, comer em qualquer lugar e conhecer pessoas do mundo todo.

O Peru é realmente o país da vez. Não importa quanto tempo você tem, dá para montar um roteiro bem bacana para você explorar um pouquinho desse país. Há voo direto de diversas capitais do Brasil para Lima. O que facilita muito no planejamento da sua viagem. O roteiro que elaboramos foi baseado em nossa própria experiência. Vale lembrar que cada roteiro precisa ir de encontro com suas expectativas.

Leia mais sobre o Peru
Leia mais sobre outros roteiros de viagem

15 dias roteiro pelo Peru

3 dias em Lima

1° dia – Nosso voo saiu de São Paulo as 7h direto para Lima. Chegamos na capital por volta de 12h30 (horário de Brasília) a tempo de deixar nossas coisas no hostel e começar a explorar a cidade. Caminhamos pelo bairro, visitamos o shopping Lacomar, Huaca Pucllana, Parque do Amor, Puente de Los Suspiros, Museu do Ouro. Caminhando pelas ruas e descobrindo os lugares mais incríveis da cidade.

2° dia – Acordamos cedo, tomamos um belo café da manhã e fomos conhecer o centro de Lima. Visitamos a Plaza Mayor, Igreja de São Francisco (e suas catacumbas), Palácio do Governo, Parque Kennedy, Praça das Armas, todo o centro histórico da cidade. Na volta para o hostel ainda passamos pelo Parque da Reserva que possui diversas fontes aquáticas com iluminação especial.

3° dia – Hoje tiramos o dia para fazer o passeio nas Ilhas Palominos e conhecer os leões marinhos (leia nossas dicas). São pequenas ilhas rochosas na Costa do Callao. É a melhor experiência de vida selvagem em Lima. Você pode mergulhar com os leões marinhos enquanto eles brincam em torno de você. A noite ainda curtimos uma balada com os novos amigos que fizemos no hostel.

4 dias em Cusco

4° dia – Fizemos o check out no hostel e partimos em direção a Cusco. Chegamos na cidade por volta 13h30. Dessa vez pegamos um hostel diferente. Mais animado, com várias opções de lazer e muito mais bacana (leia nossas dicas). Visitamos todo o centro histórico de Cusco, Plaza de Armas, Templo do Sol Qoricancha, Parque Arqueológico de Saqsaywaman, Basílica Catedral de Cusco e o mercado municipal da cidade. A noite o hostel sempre promovia festas e jogos entre os hóspedes.

5° dia – Depois de muito pesquisar pelo melhor preço, fechamos todos os nossos passeios pelo Valle Sagrado com a agência de viagem que havia dentro do hostel. Hoje visitamos as cidades de Pisac, almoçamos em Urubamba, a tarde Ollantaytambo e Chincero.

6° dia – Tomamos nosso café da manhã e saímos cedo. Nosso passeio incluiu Salinas de Maras, Moray, e passeio de bugue. No final da tarde ainda visitamos o Museu Inca

7° dia – Hoje tiramos o dia para relaxar, curtir o hostel, a cidade, observar as pessoas e visitar o El Mirador Santa Ana que tem uma vista incrível de Cusco.

2 dia em Águas Calientes

8° dia – Acordamos cedo e partimos em direção ao Machu Picchu. Existem várias maneiras de chegar até Águas Calientes. Nós optamos por pegar uma van de Cusco até Ollantaytambo (são 96 quilômetros) e de lá o trem IncaRail até o vilarejo (leia nossas dicas). Nosso passeio até o parque Machu Picchu seria na manhã do dia seguinte. Aproveitamos para caminhar pelas ruas e conhecer a cidade. Visitamos o mercado da cidade, Plaza Manco Capac e os banhos termais. Não tivemos coragem de entrar da água e ficamos tomando uma cerveja no bar.

9° dia – A maioria das pessoas preferem comprar o ticket da van que leva os turistas do centro de Águas Calientes até o Machu Picchu mas nós preferimos subir a montanha caminhando (uma das coisas mais difíceis e incríveis que já fiz na vida). Acordamos as 4h da manhã, tomamos café e partimos rumo Machu Picchu junto com uma galera. Foram 1h30 de caminhada e finalmente chegamos. Realmente um dos lugares mais lindos que já visitei na vida. O passeio dura em média seis horas. Ás 18h já estávamos dentro do trem de volta a Cusco.

10° dia – De volta a Cusco, aproveitamos para descansar, dormir até mais tarde e curtir a cidade. Fizemos o check out e deixamos nossas mochilas no quarto de bagagem no próprio hostel. Compramos uma passagem de ônibus de Cusco a Puno e passamos a noite viajando.

2 dias em Puno

11° dia – Chegamos bem cedo na rodoviária de Puno e fomos direto para nosso hostel. Deixamos as malas e já fomos conhecer a cidade. A melhor maneira de conhecer um lugar é caminhando pelas ruas. Puno é conhecida como a capital do folclore peruano. Visitamos a Catedral de Puno, Mirador del Condor, Museu Carlos Dreyer, parques, praças, igrejas.

12° dia – Acordamos cedo e tomamos nosso super café da manhã. Fizemos o check out e na própria recepção do hostel compramos o passeio pelo lago Titicaca e ilhas flutuantes de Uros. Voltamos para o hostel no final do dia apenas para tomar um banho e pegar nosso ônibus em direção a Arequipa.

3 dias em Arequipa

13° dia – Chegamos de manhã e fomos direto para o hostel deixar nossas malas e tomar um café. Arequipa é conhecida como a Cidade Branca e tombada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Caminhando pela cidade visitamos a Praça das Armas com suas construções seculares feita de pedra branca de origem vulcânica. Catedral de Arequipa, Iglesia de La Companhia, Capela Sistina, Museu dos Santuários Andinos e Monastério de Santa Catalina.

14° dia – A cidade é rodeada por vulcões. Hoje tiramos o dia para fazer o passeio pelo Mirante Camen Alto e Yanahuara. Ambas com uma vista espetacular da cidade e dos vulcões. Ainda visitamos a Mansão do Fundador, Mercado de San Camilo e Convento Santa Teresa.

15° dia – Acordamos cedo, tomamos nosso café e fizemos nosso check out. Nosso voo para Lima estava marcado para as 13h. Paramos na capital e pegamos o voo de volta a  São Paulo.

Dicas

  • Uma viagem no estilo mochilão, indicamos o hostel Pariwana que possui filiais em Lima e Cusco.
  • A melhor região para se hospedar em Lima é Miraflores.
  • Na hora de pegar um táxi, pechinche o máximo que puder. Os taxistas jogam o preço lá em cima. Muita gente desinformada acaba pagando um preço absurdo.
  • Durante o passeio nas Ilhas Palomino, pegamos um tempo muito ruim. O mar estava muito agitado e foi umas das experiências mais ruins em alto mar que já tive. Fique atento ao clima quando for fazer o passeio.
  • A melhor opção para conhecer as cidades do Vale Sagrado é comprar o Boleto Turístico de Cusco. Funciona como uma citypass que lhe dá direito de usufruir até 16 atrações em um determinado período de tempo. Você pode escolher o boleto completo ou apenas uma parte. Ele é nominal, com data de validade e você precisa andar com documento de identidade. O boleto completo custa em torno de $130 soles.
  • Se você visitar os banhos termais em Águas Calientes, lembre-se de levar roupa de banho, toalha e chinelo. A entrada custa em média $10soles.
  • Se tiver com tempo, não deixe de conhecer as ruínas das torres funerárias de Sillustani em Puno.
  • Durante toda a viagem, o chá de coca foi uma das coisas que mais nos ajudaram contra o mal da altura.
  • A maioria dos hostels possuem agência de viagem, armários e quartos para os hóspedes guardar as malas. Eles ainda permitem que você tome banho mesmo depois do check out.
  • Se tiver tempo, não deixe de fazer o passeio pelo Vale do Colca e Pedreira ao redor de Arequipa.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorIbiza
Próximo artigoEsther Rooftop

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here