Lagos Coloridos - Salar de Uyuni
Lagos Coloridos

Quando você pensa na Bolívia não imagina as belezas naturais e a cultura que esse país esconde. É realmente um dos países mais pobres da América do Sul. Sua infraestrutura está longe de ser a mais adequada e perfeita. Mesmo assim não desconsidere a Bolívia. A cultura local, a história, os costumes, a natureza e as pessoas são imperdíveis atrações. Há boas opções de hotéis e uma vida noturna bem agitada na capital. Hoje vamos te apresentar o Salar de Uyuni que é o maior deserto de sal do mundo.

Muitos cobiçam conhecer o Salar de Uyuni mas devido à estrutura precária do local poucas pessoas de fato visitam. Se você tem a ideia de que vai passar por diversos perrengues, viajar em carros apertados, se hospedar em lugares sem água quente, banheiro privativo e dormir em quartos com várias outras pessoas, está muito enganado.

Localizado no sudoeste da Bolívia e bem próximo à fronteira com o Chile, o Salar de Uyuni fica a 3600 metros de altitude e possui mais de 10.000 quilômetros. São 25 mil toneladas e uma profundidade de 120 metros de sal. É um dos roteiros mais procurados para turismo na Bolívia.

Leia mais sobre o Chile aqui
Roteiro pelo Chile

Como chegar ao Salar de Uyuni

O passeio ao Salar de Uyuni pode começar em San Pedro do Atacama (Chile) e terminar Uyuni (Bolívia) ou vice e versa. Tudo vai depender do seu roteiro de viagem. Saiba que as agências de viagem oferecem a possibilidade de você retornar a cidade de origem.

Leia mais sobre o Deserto do Atacama

Saindo do Brasil há voos diretos para La Paz ou Santa Cruz de la Sierra pelas companhias LATAM, BoA, Gol. As empresas Avianca e Sky também fazem esse trajeto, mas os voos são mais demorados. Você pode optar por já comprar todo o trajeto até Uyuni pelas companhias brasileiras ou procurar por empresas bolivianas que faz o mesmo trajeto e provavelmente são mais baratas.

De La Paz até Uyuni você pode escolher ir de avião (opção mais cara) com as companhias Amaszonas e TAM (não é a nossa TAM brasileira). De ônibus turísticos há um trajeto diariamente entre as duas cidades com preços bem mais atrativos, porém bem mais desconfortáveis.

Quando ir

Você pode visitar o Salar de Uyuni em qualquer época do ano. O que vai variar são as paisagens ao longo do caminho e a temperatura no local. Saiba que os passeios pelo Salar de Uyuni passa por locais com altitudes superiores a 4000 metros. Isso quer dizer que mesmo no verão, você poderá enfrentar temperatura baixa no início da manhã ou durante a noite. A temperatura média anual de Uyuni é -6°C.

O inverno é entre os meses de março a novembro, na estação seca. Quando você pode conhecer quase todo o Salar de Uyuni e ver montanhas e vulcões cobertos por neve.O verão é a estação chuvosa, entre os meses de dezembro a fevereiro. A grande expectativa é encontrar as famosas lâminas de água que se formam no chão.

Lembre-se que neve, gelo e chuva pode exigir uma alteração no roteiro do viajante por sua própria segurança. O excesso de chuva pode impedir que o carro de atravessar o Salar. A melhor época para conhecer o destino é no final do verão, após o período de chuva.

Planejamento

Sua maior preocupação será com a escolha da agência que fará o passeio ao Salar de Uyuni. Há passeios de um, dois, três até quatro dias. Recomendamos que você faça o passeio mais completo para que possa aproveitar cada momento com calma.

Quando você chega à cidade de Uyuni, vários agentes vem ao seu encontro tentando vender o melhor passeio pelo melhor preço.  Aliás, há uma rua com agências, uma ao lado da outra. Pesquise bastante, pechinche o preço, procure conhecer as outras pessoas que farão o mesmo tour que você e procure sempre por uma agência de boa reputação. Isso implica na sua segurança e conforto.

Não há necessidade de reservar o tour com antecedência. Fechando o pacote no dia você ainda tem a chance de pechinchar. Saiba que os carros de uma mesma agência procuram sempre fazer o trajeto juntos. Em caso de necessidade um carro pode ajudar o outro.

O que fazer

Há vários tipos de passeios. Como mencionamos anteriormente você pode escolher entre tour de um até quatro dias. Ttudo depende do tempo que você tem disponível. Todos os passeio são feitos em carros tracionados e compartilhados com seis turistas e um motorista. O pacote inclui três refeições básicas e hospedagem nos refúgios. Os refúgios são locais com infraestrutura bem simples para você passar a noite. Muitas vezes sem água quente e banheiro compartilhado.

Se você quiser um pouco mais de conforto, é possível contratar o tour privado. O pacote privado é bem mais caro porém dá direito a um carro somente com pessoas que você conhece. Você pode ficar o tempo que quiser nos pontos de interesse. Há opções de hotéis com melhor infraestrutura e melhores refeições.

Não deixe de conhecer o Cemitério de Trens, Hotel de Sal, Ilha Incahuasi, lagos coloridos e esculturas naturais de pedra. Abaixo algumas empresas indicadas por nossos viajantes:

  1. Cordillera Traveller
  2. Estrella del Sur
  3. Ruta Verde
  4. Lonely Planet

Dicas

  • Brasileiros não precisam de visto para entrar na Bolívia. É necessário apenas passaporte ou carteira de identidade sendo o prazo máximo de permanência 90 dias.
  • Você vai precisar tomar a vacina contra febre amarela que é exigido pelo país.
  • A moeda local é o Boliviano que é representado pelo BOB.
  • Você não precisa escolher os passeios mais baratos, pode optar por um pouco de conforto. Se estiver com a grana curta e escolher o modo econômico esteja preparado para o perrengue. Neste caso, nem sempre os abrigos oferecem água quente para o banho, a comida é preparada e servida em marmitas, os cobertores são de lã e nem sempre suficientes.
  • Leve sempre um casaco de frio e de preferência para aqueles que possuem corta vento. No deserto faz muito frio e venta bastante, porém dentro do carro é quente. Esteja preparado para ficar tirando e colocando casacos conforme a temperatura pedir.
  • No inverno pode fazer bastante frio e até nevar. Não deixe de levar luvas, casacos, touca e meias. Lembre-se que a melhor opção é sempre tênis.
  • Leve sempre frutas, barra de cereal, biscoitos e ÁGUA. Normalmente o tour oferece café da manhã, almoço e jantar, mas não é suficiente para todo o dia. Beba bastante água e sempre carregue uma garrafa com você.
  • A viagem pelo Salar de Uyuni pode levar até quatro dias. Os lugares que você passa são bem precários e com comércio limitado. Procure levar em sua mala tudo àquilo que possa ser necessário para fazer sua viagem mais confortável. Não deixe de usar protetor labial, protetor solar, óculos escuros, chapéu, descongestionante nasal, colírio e hidratante. Papel higiênico, lanterna, saco de dormir, escova e pasta de dente, lenço umedecido. Se preferir leve um kit básico de primeiros socorros.

Crédito das fotos: divulgação

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPunta Cana
Próximo artigoCamboja

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here