Singapura

Localizada no sudeste asiático, a Singapura é uma cidade estado. Uma nação moderna e destaque entre os Tigres-Asiáticos. A Singapura possui ruas limpas, sistema de transporte bem eficiente, prédios e shoppings center que não ficam para trás de Nova York e Londres. Uma população de aproximadamente 5,4 milhões de habitantes em uma mistura de indianos, malaios e chineses que vivem de forma pacífica. A cultura é bem diversificada e rica.

Leia mais sobre outras dicas de viagem

O país se tornou independente da Malásia em 1965. Desde então é comandado com mão de ferro e muitas regras. Você pode ser multado por comer no metro, não atravessar na faixa de pedestre ou simplesmente jogar chiclete no chão. Siga as regras e você terá uma experiência inesquecível. Esse país também e um grande centro de compras, excelentes restaurantes e vida noturna.

Singapura é um lugar que apesar de moderno, sofisticado e desenvolvido, respeita as tradições. Uma prova disso são os bairros chineses, indianos e árabes que guardam e respeitam as diferenças. Ao mesmo tempo possui atrações turísticas que chamam a atenção do mundo.

Como chegar a Singapura

Não há voo direto do Brasil para a área central de Singapura. Algumas companhias operam esse trajeto como a Singapore Airlines, Qatar Airways, Etihad e a Emirates. Todas com trajetos que superam 24 horas de voo e pelo menos uma conexão.

O aeroporto internacional de Singapura é o Changi Airport. Considerado o melhor aeroporto do mundo, é tão peculiar que se tornou um ponto turístico. Changi Airport está a vinte quilômetros do centro e possui piscina, borboletário, cinema gratuito e jardins ao ar livre. Se você estiver na cidade-estado por algumas horas, saiba que o aeroporto possui um serviço de tour gratuito que te leva aos principais pontos turísticos da cidade.

Chegando ao aeroporto procure o Singapore Visitors Center que te dará todas as informações necessárias do país, descontos em atrações e dicas da cidade. Do aeroporto até o hotel você pode pegar um táxi, metro, ônibus ou shuttle. A maneira mais barata é usando o transporte público que tem um bom bom benefício.

Quando ir

Por estar bem próxima da linha do equador, Singapura possui clima bem quente e úmido. Entre os meses de novembro a fevereiro chove bastante. De março a maio é o período mais quente do ano com temperaturas entre 30° e 32°C. Os meses de junho a outubro são ideais para conhecer o país, pois são menos chuvosos e o clima mais ameno.

Como circular

Por ser uma cidade muito moderna e muito organizada, o transporte público é excelente. Metro, táxi, ônibus ou trem, fica a sua escolha. O táxi tem um preço justo e a maioria dos carros são novos. Se optar por utilizar o transporte público, considere comprar o Singapore Tourist Pass que da direito de utilizar de maneira ilimitada trem, ônibus ou metro por um, dois ou três dias.

O que comer

Singapura é um destino pequeno e rota marítima de toda a região asiática. A gastronomia é muito rica e variada, com influências especialmente da China que tem os pratos mais conhecidos do país. As comunidades indianas, tailandesas, vietnamita, indonésia e malaia também são muito criativas e presente. Singapura é uma cidade/estado tão cosmopolita que oferece culinária para todos os gostos, inclusive para aqueles que cansarem ou preferirem a cozinha ocidental.

Por ser um destino islâmico, os bares e restaurantes precisam de uma licença para vender bebidas alcoólicas. Você vai encontrar bons lugares para beber, principalmente no top de edifícios, mas o valor cobrado pode ser bem alto.

O que fazer

Singapura parece ter saído de um livro ou panfleto de agência de viagem. Um lugar que parece ter sido construído para agradar. Onde todas as atrações funcionam perfeitamente e com uma super estrutura.

Conheça o lado multicultural de Singapura que guarda as tradições das outras culturas. Chinatown é um bairro bem organizado e onde você pode conhecer o templo Buddha Tooth Relic. Little India é o bairro dos indianos e cheio de mercados na rua. Arab Quarter o bairro árabe de Singapura onde é possível visitar a mesquita – Sultan Mosque além de conhecer as lojas de tapete e tecidos.

O lado moderno de Singapura da oportunidade de conhecer a região de Marina Bay e o famoso hotel Marina Bay Sands (com a famosa piscina de borda infinita e vista panorâmica). No mesmo bairro você ainda terá a chance de visitar a maior roda gigante do mundo, Singapore Flyer. Garden by the Bay que possui arvores artificiais e foi transformado em um jardim artificial para gerar energia ao Flower Dome e Cloud Forest. Esses dois últimos são estufas gigantes que reproduzem o clima e a vegetação e outros lugares do planeta.

Faça o passeio de barco pelo rio Singapura no fim da tarde. Se preferir caminhe pela Waterfront onde passa o rio e tenha uma vista privilegiada do Hotel Marina Bay Sand. A noite você ainda pode ir até Clarke Quay que possui bares e música ao vivo.

Outros pontos turísticos que você não pode deixar de conhecer são:

  1. Sands SkyPark – Observatório localizado no 57º andar do Hotel Marina Bay Sands
  2. Ochard Road – movimentada rua comercial com diversos shoppings
  3. Night Safari – Safari feito à noite, de trenzinho ou a pé.
  4. Jurong Bird Park – Maior parque de aves do mundo.
  5. Singapore Zoo – Zoológico de Singapura
  6. Sentosa – Local onde se encontra o parque da Universal Studios. Por lá também há praias para banhistas.
  7. National Museum of Singapore – Museu que traz no seu acervo informações sobre a história de Singapura.
  8. ArtScience Museum – Museu em forma de flor de lótus próximo à Baía de Singapura.
  9. Fountain of Weath – a maior fonte do mundo. Fica em frente ao Shopping Suntec City
  10. National Orchid Garden – Jardim de orquídeas

Dica

  • São quatro idiomas oficiais, mandarim, língua malaia, tâmil e o inglês. A maioria das pessoas fala mais de uma língua.
  • A moeda oficial é o dólar de Singapura. É bem fácil trocar dólar americano e euro nas casas de câmbio que se espalham pela cidade.
  • O fuso horário do país é de +11h com relação a Brasília.
  • Se você estiver a passeio por até 30 dias, não é necessário visto para entrar no país. É obrigatório ter uma passaporte com validade mínima de seis meses. Tomar vacina contra a febre amarela (que devem ser tomado 10 dias antes do embarque) e tirar o certificado internacional. Apresentar documentos de comprovação financeira, ter passagem de ida e volta. Para maiores informações acesse Embaixada da Singapura
  • É um país muito quente e muito úmido. Leve roupa de verão, capa de chuva, protetor solar, chapéu, óculos escuros, protetor labial e tome bastante água.
  • O nome do país pode ser escrito tanto com C ou S (Cingapura ou Singapura) você escolhe.
  • Não é comum dar gorjeta em Singapura, pois a maioria dos lugares já inclui a taxa de serviço na conta.
  • A rede elétrica é de 230V e as tomadas seguem o padrão do Reino Unido. Você vai precisar de uma adaptador.

Crédito das fotos: divulgação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here