Vitória e Vila Velha

Em primeiro lugar o pequeno estado do Espírito Santo, vem investindo bastante em turismo nos últimos anos. Por isso os níveis de qualidade de vida cresceu consideravelmente em comparação com a média nacional. Localizado no sudeste do Brasil, o Espírito Santo oferece praias, montanhas, vegetação rica e diversas atrações culturais. Tudo isso para que o viajante possa aproveitar ao máximo o que o estado tem de melhor. Vitória e Vila Velha, é impossível conhecer uma sem dar uma pulinho na outra.

Dicas de viagem – As melhores praias do Rio de Janeiro
Dicas de viagem – Cidades históricas de Minas Gerais
Dicas de viagem – Serra Gaúcha: Gramado

A capital Vitória não poderia ser diferente. A cidade mistura história com modernidade e qualidade de vida. Além disso Vitória da uma mistura boa de capital com ritmo de cidade do interior e preço justo. Por outro lado é uma das três ilhas capitais brasileiras. Por isso quem chega de avião, tem oportunidade de ver uma paisagem que surpreende a todos. São ao todo 34 ilhas, passeios incríveis, parques, bairros bacanas e uma culinária baseada em peixes e frutos do mar. Por fim é uma cidade de muitas praias e temperaturas altas.

Como se não bastasse as belas praias de Vila Velha atraem os moradores da vizinha Vitória. As principais atrações são o Convento de Nossa Senhora da Penha e a fábrica de chocolates Garoto. Além disso a badalada praia da Costa em Vila Velha é uma das preferidas dos jovens de Vitória.

Como chegar em Vitória e Vila Velha

Primeiramente para quem está vindo de carro saindo tanto pelo Rio de Janeiro como pela Bahia, o caminho é o mesmo pela BR-101. Se o viajante estiver vindo por Minas Gerais, então deve percorrer a perigosa BR-262. Além disso para quem vier de avião, o novo Aeroporto Eurico Salles acaba de ser entregue. As companhias LATAM, Azul e GOL fazem o trajeto até Vitória partindo das principais capitais do Brasil.

Além disso a rodoviária de Vitória é um importante meio para chegar até a capital. O viajante pode ainda conhecer o interior do estado através das principais companhias Itapemirim, Águia Branca e São Geraldo. Por outro lado saindo de Vitória para Vila Velha, cruze a Ponte Terceira e siga pela rodovia ES-060 até o destino final.

Quando ir

Certamente Vitória e Vila Velha podem receber turistas durante o ano inteiro. Contudo no verão, entre os meses de dezembro e fevereiro, as cidades ficam lotadas de turistas. Esse período é considerado alta temporada e os preços ficam mais altos do que no resto do ano. Embora os preços subam, os hotéis ainda são mais baratos do que em outras capitais do Brasil. A temperatura média fica entre 23°C e 30°C. Por outro lado no inverno a temperatura cai e fica entre 18°C e 26°C. Além disso o período de chuvas vai de outubro a janeiro, sendo novembro período de chuvas fortes.

Se estiver pensando em passar o Carnaval em Vitória e Vila Velha, saiba que o popular carnaval ocorre em Iriri, Guarapari, Conceição da Barra e Manguinhos. Como se não bastasse entre os dias 24 de abril e 2 de maio ocorre, em Vila Velha, no Parque da Prainha, a Festa da Penha. Essa é a terceira maior festa religiosa do país reunindo romarias, missas, feira e shows diversos.

Como circular

Antes de mais nada Vitória é dividida em três núcleos principais. O Centro ou Cidade Alta, onde se concentram as principais atrações históricas. Um pouco mais afastado, a 7 quilômetros do centro, a Praia do Canto é o bairro mais chique da capital onde estão a maioria dos hotéis, restaurantes e lojas. Por fim a Praia de Camburi que é a mais famosa e movimentada da cidade. Além disso circulando por Vila Velha, os principais pontos são a fábrica de chocolates da Garoto, o Convento Nossa Senhora da Penha e quatro principais praias, da Baleia, Barra do Jucu, da Costa e da Sereia.

O que fazer

Vitória

Paneleiras de Goiabeiras

De acordo com os capixabas para a preparação de uma boa e tradicional moqueca capixaba é preciso uma panela de barro autêntica. A fabricação da panela é de origem indígena e depende da argila retirada do Vale do Mulembá, próximo a Vitória. Além disso a sede das paneleiras foi inaugurada em 2011 e está aberto a visitação. Portanto não deixe de conhecer e comprar uma tradicional panela de barro capixaba, que custam a partir de R$ 15.

Paneleiras de Goiabeiras - Vitória e Vila Velha
Paneleiras de Goiabeiras

Torta Capixaba

Embora a receita seja servida tradicionalmente na Semana Santa, é possível encontra-la durante todo o ano. Os principais ingredientes, peixe fresco, bacalhau, caranguejo, camarão seco, siri, lagosta e marisco, são refogados separadamente e depois se juntam ao palmito na panela de barro. Além disso como o prato é muito demorado, é preciso ligar no restaurante primeiro para saber se está disponível ou se precisa encomendar.

Torta Capixaba - Vitória e Vila Velha
Torta Capixaba

Cidade Alta

Ainda que Vitória tenha sido fundada em 1551, a cidade ainda preserva alguns patrimônios da época. Portanto não deixe de fazer o tour pela Cidade Alta, onde estão a maioria das atrações. Além disso a melhor maneira de conhecer todos os lugares e caminhando e o visitante passará pelo Palácio Anchieta, igreja de São Gonçalo, Catedral Metropolitana e a capela de Santa Luzia, a construção mais antiga da cidade. Aproveite ainda para conhecer o Convento de São Francisco, as igrejas de Nossa Senhora do Carmo e do Rosário e o Teatro Carlos Gomes, inspirado no famoso Scala, de Milão.

Praias

Como se não bastasse Vitória possui três principais praias. A praia do Canto é um dos endereços mais chiques da cidade. Também conhecido como Triângulo da Bermuda por reunir bares, restaurantes e cafés no entardecer. Além disso a Praia do Canto chama atenção por conta do calçadão, dos quiosques na curva da Jurema e pelas águas calmas.

Por outro lado temos a badalada praia de Camburi que chama atenção pelo enorme calçadão perfeito para caminhadas. Além disso tem as escolinhas de esportes náuticos e o píer de onde partem passeios de escunas pela baía de Vitória. Por fim se você estiver procurando descanso, vá até as praias da Ilha do Boi. As praias chamam atenção pelas águas claras e pelas grandes faixas de areia. Ainda que movimentada, não há barulho e nem ambulantes.

Parque Botânico Vale

Primeiramente o Parque Botânico Vale possui 33 hectares de área verde e a principal atração é o Jardim Sensorial. O objetivo do parque é fazer o visitante estimular os cinco sentidos e promover uma interação com a natureza. Além disso o parque possui um orquidário com mais de 350 mudas e trilhas ecológicas em meio a área de restauração florestal. Sem falar das 140 espécies de árvores de Mata Atlântica e alguns animais silvestres. Por outro lado os pequenos irão curtir muito o parquinho e o Vagão do conhecimento. Um vagão de trem com mais de 3.500 exemplares e acervo de audiolivros, voltado para deficientes visuais. O Parque Botânico Vale funciona de terça a domingo com entrada gratuita.

Parque Botânico Vale - Vitória e Vila Velha
Parque Botânico Vale

Passeio de escuna

Certamente um passeio incrível para se fazer no fim de tarde. Partindo do Píer de Iemanjá, na praia de Camburi. As saídas ocorrem todos os dias durante o verão. Na baixa temporada o passeio ocorre aos finais de semana. Além disso o tour percorre a Ilha do Boi, Ilha do Frade e Forte de São João, com parada no Museu Vale, em Vila Velha.

Passeio de escuna - Vitória e Vila Velha
Passeio de escuna

Vila Velha

Convento Nossa Senhora da Penha

Sem dúvida é o ponto turístico mais famoso da Vila Velha. O Convento de Nossa Senhora da Penha foi construído em 1558 em um morro a 154 metros de altura. Além disso lá de cima é possível ver as cidades de Vila Velha, Vitória e alguns municípios vizinhos. A capela do convento guarda a imagem de Nossa Senhora da Penha, padroeira do estado. Como se não bastasse, ao lado funciona um museu sacro, uma lojinha e uma sala de ex-votos. É possível subir até lá de carro até a base do convento, caminhando pela mata ou através de vans que fazem o trajeto a cada 15 minutos.

Convento Nossa Senhora da Penha - Vitória e Vila Velha
Convento Nossa Senhora da Penha

Praias

Em primeiro lugar Vila Velha possui mais de 32 quilômetros de belas praias. A mais famosa é a praia da Costa que possui ciclovias, restaurantes, lojas, cafés, bares, quiosques e hotéis. Além disso as águas calmas atraem moradores da vizinha Vitória e amantes de esportes náuticos. Já a praia da Sereia é perfeita para famílias com crianças uma vez que possui águas calmas e uma pracinha bem arborizada. Itaparica é perfeita para o surf. A praia da Baleia possui areia grossa e é protegida por recifes. Por fim tem a praia do Jucu que é considerada a mais bonita da região porém um pouco mais afastada.

Fábrica da Garoto

Por outro lado o passeio pela fábrica da Garoto chega a receber até 400 pessoas por dia. O chocotour leva o visitante para conhecer a fabricação de chocolate com direito a degustação no final. Além disso para fazer o passeio é preciso agendar com antecedência por email ou telefone.

Fábrica da Garoto - Vitória e Vila Velha
Fábrica da Garoto

Museu Ferroviário

Como se não bastasse não deixe de visitar o Museu Ferroviário da Vale. O museu está instalado na antiga estação ferroviária Pedro Nolasco. Além disso o prédio fica as margens da baía de Vitória, em uma região industrial e portuária da cidade. O acervo do museu conta com 22 mil itens catalogados que contam a história da estrada de ferro Vitória a Minas. Por fim ainda é possível ver uma Maria Fumaça de 1945 no jardim do museu.

Museu Ferroviário - Vitória e Vila Velha
Museu Ferroviário

Morro do Moreno

Com toda certeza esse é um passeio para fechar sua viagem Vitória e Vila Velha com chave de ouro. O morro fica a 274 metros de altura, próximo ao Convento Nossa Senhora da Penha. Além disso o morro ainda possui diversas atrações como voo livre, mirantes naturais e três vias de escalada. O acesso até o morro é por trilhas.

Morro do Moreno - Vitória e Vila Velha
Morro do Moreno

Dicas

  • Sem dúvida Vitória e Vila Velha fazem calor na maior parte do ano. Use e abuse de roupas leves, protetor solar, chapéu e óculos escuros. Contudo durante o inverno é bom levar roupas mais quentes.
  • A ponte que liga Vitória a Vila Velha (Terceira Ponte) fica muito congestionada durante a semana. Portanto evite cruzar nos sentidos Vila Velha – Vitória, entre 8h e 9h30 e Vitória – Vila Velha, entre 17h30 e 19h30.
  • Se você gosta de pescar, não deixe de conhecer o litoral de ambas as cidades e praticar a pesca. Vitória é conhecida como a Capital Mundial do Marlim.
  • Por outro lado em fevereiro ocorre a Feira Internacional do Mármore e do Granito. Os hotéis costumam ficar lotados nossa época.

Crédito das fotos: divulgação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here